Publicidade

Publicidade

26/01/2009 - 15:39

Está sofrendo de roncaria? Use o rapé do Preto Velho!

Compartilhe: Twitter

No caminho entre Salvador e o litoral norte baiano, vi um dos outdoors mais engraçados de toda a minha vida. O rosto do desdentado Russo, assistente de palco do Chacrinha e agora do Domingão do Faustão, estava em destaque do lado esquerdo. Do lado direito, o nome de um plano odontológico e a frase: “O plano odontológico que o Russo deveria ter feito”. Bizarro! Fiquei com vontade de pedir para o motorista da van parar, mas os outros passageiros talvez não gostassem da ideia. De volta a Salvador, encontrei outra placa curiosa na Rua Gregório de Matos, quase chegando ao Largo do Pelourinho. Leia com seus próprios olhos. Ela já diz tudo!

Gostou? Confira outras placas curiosas publicadas pelo Blog do Curioso aqui, aqui e ali.

Autor: - Categoria(s): Humor, Viagem Tags: , , ,
21/09/2008 - 09:23

Viajando a 300 quilômetros por hora!

Compartilhe: Twitter

A viagem de trem entre Madri e Barcelona já foi uma tortura. Agora ela pode ser feita em apenas duas horas e meia (pontualíssimo!) num trem super-rápido. O avião faz o percurso em metade do tempo, mas o viajante precisa somar o tempo de aeroporto. Aí dá na mesma. Dentro do trem, as poltronas são confortáveis e o espaço entre elas é bem maior que nas aeronaves. O banheiro é grande e há uma cafeteria num dos vagões. Uma comédia exibida nas telas do corredor deixa a viagem ainda mais curta. O “serviço de bordo” ofereceu um tablete de chocolate e balas de goma.

Aí você pode estar se perguntando: super-rápido quanto? O trem chegou a fazer 300 km/h. Acho que foi o mais rápido que já andei em terra. Em 1998, durante a cobertura da Copa da França, andei de TGV e ele ficou ali entre 260 e 270 km/h. Há dois anos, na Alemanha, dirigindo um Escort, cheguei a 203 km/h.

Autor: - Categoria(s): Viagem Tags: , , , , ,
05/05/2008 - 21:50

Últimas comprinhas na Califórnia

Compartilhe: Twitter

Só para terminar o capítulo das comprinhas curiosas que fiz na viagem à Califórnia. Comprei um pote de sorvete de chá verde da Häagen-Dazs. Já tivemos aqui em São Paulo o sabor feijão azuki. Mas durou pouquíssimo tempo. Acho que quase ninguém se arriscou. Eu tomei uma vez e achei que ele tinha gosto de caramelo. É bem provável que, depois dessa experiência, o de chá verde não passe nem por perto daqui. E, posso garantir, não estamos perdendo nada.

Experimentei também uma Fanta sabor abacaxi. Na minha infância, havia Fanta Limão e Fanta Guaraná por aqui. Adorava as duas. Na França, na década de 1980, tomei uma Fanta chamada Exotique, que era uma mistura de frutas tropicais. Mais recentemente, os brasileiros conheceram a Fanta Maçã e a Fanta Morango, que não deram muito certo. Agora está circulando no mercado uma com sabor de manga. Esta Fanta abacaxi, muito gelada, até que vai bem. Nós temos algumas tubaínas com sabor abacaxi em São Paulo. Mas a popularidade do refrigerante com o sabor da fruta é maior por lá. Também entre os mexicanos, o Jarritos sabor piña, vendido na Califórnia, faz o maior sucesso.

Por fim, encontrei essa forma de fazer gelo numa megaloja de produtos da Lego. Não é o máximo?

Quer conhecer a história da Häagen-Dazs, da Fanta e do Lego?

https://pandabooks.websiteseguro.com/livros.php?id=231

Autor: - Categoria(s): Comes e bebes, Sem categoria Tags: , , , , , , , , , ,
Voltar ao topo