Publicidade

Publicidade

26/02/2010 - 17:04

Você tem 1 minutinho para ver um longa-metragem?

Compartilhe: Twitter

Virou moda no YouTube. Fãs de cinema decidiram fazer suas próprias edições dos filmes favoritos. Assim nasceram as versões em 5 segundos de “Star Wars”, “Pulp Fiction” e “Titanic” (vídeo abaixo), entre outros. Mas a brincadeira ficou séria mesmo quando a revista “Empire” fez um concurso para eleger os melhores resumos de produções hollywoodianas. O tempo era maior – 1 minuto – e os candidatos foram obrigados a regravar as cenas.

Estudantes que integram a Sociedade de Cinema da Universidade de York, na Inglaterra, fizeram sua versão em 60 segundos de “Forrest Gump” para a competição da revista. Composta por alunos dos mais diversos cursos, a Sociedade de Cinema é totalmente amadora, e não tem grandes verbas para realizar seus filmes. O trio de diretores, formado por Joe Burgess, Rocco Sulkin e Will Tribble, ainda fez sua própria versão de “Kill Bill”, e pretende homenagear George Lucas com um “Star Wars” de 1 minuto. Em apenas um mês de exibição no YouTube, a cópia de “Forrest Gump” ultrapassou a marca de 1 milhão de espectadores.

Tem mais:  um dos diretores de fim-de-semana, o inglês Mark Wong, demorou cerca de 9 meses para realizar cada um de seus filmes de 1 minuto. Entre as produções realizadas por ele estão “Pearl Harbor” e “Top Gun”. Na competição da revista “Empire”, ele ficou entre os sete finalistas, mas não venceu. A semelhança com o filme real é tanta que Mark construiu um hangar de aviões em tamanho real no quintal de casa só pela brincadeira. Em “Top Gun”, Mark ficou no papel que pertenceu, originalmente, a Tom Cruise.

Os vencedores da competição foram os “cineastas por acidente” Stephen Power e Conal O’Meara, que gravaram “Jerry Maguire”. A lista de finalistas inclui ainda versões de “Seven”, “Pearl Harbor”, “O Cavaleiro das Trevas” e “Cloverfield”. É possível assistir a todos os vídeos no site do concurso.

Autor: - Categoria(s): Cinema, Humor Tags: , , , , , ,
28/09/2009 - 10:35

Os 25 piores filmes de todos os tempos

Compartilhe: Twitter

Você escolhe o filme com carinho, compra pipoca quentinha e consegue um ótimo lugar no cinema. Só que o filme é ruim de doer – enredo mirabolantes, péssimas atuações e trilha sonora nada memorável. Cansado desse tipo de situação, Renzo Mora enumerou algumas das piores experiências cinematográficas de todos os tempos no livro “Cinema Falado – 25 filmes que podem arruinar sua vida”.

Dirigido por Brian de Palma, adaptado de um livro de Tom Wolfe e com um elenco estelar que incluía Tom Hanks e Bruce Willis. Nem isso conseguiu redimir “A Fogueira das Vaidades” (1990) do primeiro lugar. De acordo com Renzo “Qualquer idiota pode fazer um filme ruim. Mas é preciso um gênio para pegar um dos livros mais interessantes dos anos 80 e um dos melhores atores de sua geração e fracassar retumbantemente.”

Garota boazinha vai para a cidade grande para perseguir seu sonho: tornar-se dançarina. O que acontece? Ela se torna uma “showgirl”, dançando nos balcões de bares em Las Vegas, mas nem por isso deixa de encontrar um grande amor. O que você pode esperar do filme “Showgirls”, dirigido por  Paul Verhoeven e estrelado pela ilustre desconhecida Elizabeth Berkley? “Performances risíveis”, “garantia de breguice” e “um delicioso tempero de pornografia”. E o segundo lugar da lista.

Filmes antigos também podem ser bastante ruins. “Sinceramente Teu” (1955), de Henry Blake, conta o drama de um pianista que começa a ensurdecer. Então ele passa o resto do longa metragem lendo lábios e observando dramas de desconhecidos, observados do alto da sua cobertura, por meio de indefectíveis binóculos.

“Você vai acreditar que um pato pode falar”. Afinal, o produtor executivo George Lucas gastou 2 milhões de dólares na fantasia do pato e colocou nada menos do que 8 atores diferentes lá dentro. A pérola é “Howard, o Pato” (1986), dirigida por Willard Huyck. Quem pagou a maior parte do mico como o pato interaláctico que cai na Terra e forma uma banda de rock foi o ator Ed Gale. O filme tem até mesmo uma cena com o passo de dança  “Moonwalk”, de Michael Jackson.

A lista segue com menções até mesmo clássicos como “Cleópatra” (1963), estrelado por Elizabeth Taylor. Confira o resto da lista feita por Renzo Mora:

5. “Hudson Hawk – O falcão está à solta” (1991)
6. “Ishtar” (1987)
7. “Duna” (1984)
8. “Lambada, a dança proibida” (1990)

9. “Cleópatra” (1963)
10. “Contato de risco” (2003)
11. “Mulher gato” (2004)
12. “Serpentes à bordo” (2006)
13. “Batman e Robin” (1997)
14. “Casseta & Planeta – A taça do mundo é nossa” (2003)
15. “Cinderela baiana” (1998)
16. “Jesus Cristo, caçador de vampiros” (2001)
17. “Jesus Zumbi!”(2007)
18. “Manos, as mãos do destino” (1966)
19. “Beto Rockefeller” (1970)
20. “Glen ou Glenda” (1953)
21. ‘Plano 9 do Espaço Sideral’ (1959)
22. “O cérebro que não queria morrer” (1962)
23. “A reconquista” (2000)
24. “Papai Noel conquista os marcianos”(1964)
25. “Salve-se quem puder” (2007)

Na sua opinião, algum filme ruim ficou fora dessa lista?

Autor: - Categoria(s): Cinema Tags: , , , , , , , , , , , , , , ,
18/09/2009 - 11:59

Salto alto… com os dias contados?

Compartilhe: Twitter

tumblr_kpgnwgjnBS1qzpiv4o1_500

O Congresso de Sindicatos da Grã-Bretanha resolveu declarar guerra ao uso obrigatório de sapatos de salto alto. Para infelicidade dos pobres pés, o sapato de salto é praticamente regra para algumas profissionais, como comissárias de vôo e vendedoras. O Congresso de Sindicato espera dar a essas mulheres a chance de escolher opções mais confortáveis na hora de escolher o calçado.

marie-antoinette

O mais glamuroso tipo de calçado ganhou o mundo a partir dos salões da corte real da França do século XVIII. Além de manter os nobres pés bem longe da lama, o sapato de salto criava uma elevação física – perfeita para simbolizar a “elevação” social da nobreza do período.  Só que os sapatos de salto eram desconfortáveis a ponto dos nobres precisarem ser literalmente carregados pelos empregados em cadeirinhas.

salto-gwyneth-paltrow-01g

Já o salto agulha foi inventado na Itália da década de 1950 e era feito de metal, náilon e plástico. Acima, a atriz Gwyneth Paltrow em um altíssimo salto agulha.

Amsel_SevenYearItch

Por razões óbvias, foi o vestido branco esvoaçante de Marilyn Monroe que entrou para a história como uma das imagens mais sexies do cinema. A atriz também vivia em cima de sapatos de salto, que se popularizaram depois da Segunda Guerra Mundial. Ela declarou certa vez: “Não sei quem foi o inventor do salto alto, mas todas as mulheres devem muito a ele!”.

SWI004AY

Outra que literalmente se equilibrava nos sapatos era a atriz e bailarina Ginger Rogers, célebre parceira de Fred Astaire. Muitos críticos acusam a indústria cinematográfica de não fazer jus ao trabalho de Ginger. Uma frase famosa diz que “Ginger Rogers conseguia fazer exatamente a mesma coisa que Fred Astaire – só que de costas e de salto alto!”.

carmen_miranda-006

A cantora Carmen Miranda fazia jus ao título de “pequena notável”. A portuguesa radicada no Brasil media 1,53 metro, combatidos com saltos plataforma e estratégicos arranjos na cabeça.

nicole_kidman_2

Quando pediu divórcio de Tom Cruise, Nicole Kidman foi ácida: “Agora eu posso voltar a usar salto alto”. A atriz australiana mede 1,79 metro –  quase 10 centímetros a mais que o ex-marido de 1,70 metro.

Autor: - Categoria(s): Celebridades, Cotidiano, Invenções Tags: , , , , , , , , ,
02/02/2009 - 14:28

Filhos de celebridades com nomes bem exóticos

Compartilhe: Twitter

Tom Cruise veio ao Brasil para o lançamento de seu mais novo filme, “Operação Valquíria”. Trouxe a mulher, Katie Holmes, e a filha, Suri.

Suri?!? Sim. Só que Tom e Katie não estão sozinhos nessa onda de batizar filhos com “nomes diferentes”. Jazz Domino, Diva Muffin e Sage Moonblood são alguns nomes que celebridades internacionais deram a seus filhos!

Bluebell Madonna

“Ninguém mais tem este nome a não ser a santa e a cantora”. Essa foi a justificativa da ex-Spice Girl Geri Halliwell para a escolha do nome de sua primeira filha, Bluebell Madonna, nascida no dia 14 de maio de 2006. “Bluebell” é uma rara planta azul em forma de sino.

Kal-El Coppola Cage

É o nome do segundo filho de Nicolas Cage, nascido em 3 de outubro de 2005. “Kal-El” é o verdadeiro nome do Super-Homem nos quadrinhos e “Coppola” é o verdadeiro sobrenome do ator, sobrinho do cineasta Francis Ford Coppola. A mãe de Kal-El é Alice Kim, uma ex-garçonete de um restaurante especializados em sushi 20 anos mais nova que o ator. Os dois se casaram em julho de 2004.

Zuma Nesta Rock


O filho da cantora Gwen Stefani e do vocalista do Bush Gavin Rossdale recebeu um nome bem musical: “Zuma” é o nome de um álbum lançado por Neil Young em 1975. “Nesta” é o nome do meio de Bob Marley. “Rock” não precisa de explicação, né?

O primeiro filho de Stefani, que aparece na foto acima carregado pelo pai, recebeu o nome de “Kingston”.

Harlow Winter Kate


A patricinha Nicole Richie resolveu homenagear a atriz Jean Harlow, estrela de Hollywood na década de 30. Para completar, adicionou “Winter” (“Inverno”, em inglês) e um nome mais comum, “Kate”. Harlow Winter Kate é filha de Nicole com o vocalista da banda Good Charlotte, Joel Madden. Ela nasceu no dia 11 de janeiro de 2008. Nicole Richie ficou famosa ao estrelar o seriado “Simple Life” com Paris Hilton.

Nahla Ariela


A atriz ganhadora do Oscar Halle Berry declarou que só escolheu o nome da filha depois que ela nasceu. De acordo com ela, “Nahla” é um nome de origem árabe e significa “gole de água”. “Nahla” também pode soar familiar para todos que assistiram ao sucesso da Disney, “O Rei Leão”.

Shiloh Nouvel, Knox Léon e Vivienne Marcheline

Os três irmãos compartilham o privilegiado DNA de Angelina Jolie e Brad Pitt – e nomes bem exóticos! “Shiloh” foi a primeira filha biológica do casal mais comentado de Hollywood e seu nome significa “Dádiva Divina” em hebreu. Nascidos no dia 12 de julho de 2008, os gêmeos Knox Léon e Vivienne Marcheline são os mais novos membros do clã  Jolie-Pitt, que ainda inclui os adotivos Maddox, Pax e Zahara.

A lista é ainda bem maior: Jazz Domino é filho do guitarrista do The Clash, Joe Strummer, Diva Muffin, do roqueiro Frank Zappa e Sage Moonblod, do ator Sylvester Stallone. Leia outros aqui.

Autor: - Categoria(s): Celebridades Tags: , , , , , , , , , ,
Voltar ao topo