Publicidade

Publicidade

09/04/2009 - 14:59

Os divórcios mais caros das celebridades

Compartilhe: Twitter

O fim do namoro de Madonna com o modelo brasileiro Jesus Luz não causou nenhum prejuízo financeiro à pop star, que já passou por dois divórcios. O primeiro, ocorrido em 1989, foi com o ator Sean Penn. Dolorida mesmo foi a segunda separação. Em 2008, a diva terminou o casamento de 8 anos com o cineasta Guy Ritchie e teve que desembolsar 60 milhões de dólares a título de indenização.

É sempre assim: no começo, os pombinhos dizem “meu bem”. No final, meus bens. Outras celebridades também precisaram colocar a mão no bolso na hora do divórcio:

Mick Jagger e Jerry Hall

Para aplacar a fúria da modelo texana, o líder do Rolling Stones retirou 15 milhões de dólares do seu cofrinho. O motivo da separação foi a gravidez da modelo e apresentadora brasileira Luciana Gimenez – o filho dos dois, Lucas Jagger, nasceu em 1999. Mick Jagger foi casado com Jerry Hall por 22 anos e tem outros 6 filhos com 2 mulheres diferentes.

Phil Collins e Orianne Cevey

A lista de convidados para a festa de casamento da suíça Orianne Cevey com o músico Phil Collins incluiu estrelas como Eric Clapton e Elton John. Em março de 2006, o casal anunciou o fim da união de 7 anos e Orianne recebeu um cheque de 50 milhões de dólares.

Paul McCartney e Heather Mills

Quando o ex-Beatle ficou de joelhos para pedir a mão da ex-modelo e ativista em casamento, um anel de brilhantes no valor de 15 mil libras esterlinas selou o compromisso, em julho de 2001. Heather Mills terminou o relacionamento em 2006, cotada como a celebridade mais odiada entre os britânicos. Paul McCartney ficou 60 milhões de dólares mais pobre.

Steven Spielberg e Amy Irving

O diretor e a atriz se conheceram em 1979 e oficializaram a união em 1985. Apenas 4 anos depois, Spielberg trocou Amy pela também atriz Kate Capshaw, com quem é casado até hoje. O espetacular acordo de divórcio rendeu a Amy 100 milhões de dólares. Amy Irving também foi casada com o diretor brasileiro Bruno Barreto entre 1996 e 2005.

Michael e Juanita Jordan

A lenda do basquete detém o título do mais caro divórcio do mundo das celebridades. Para se separar de Juanita Jordan em 2006, Michael precisou pagar a exorbitante quantia de 168 milhões de dólares. Michael conheceu Juanita em um restaurante em Chicago, casou-se em Las Vegas, no dia 2 de setembro de 1989, e teve com ela seus 3 filhos.

Autor: - Categoria(s): Celebridades, Listas Tags: , , , , , , , , , ,
18/12/2008 - 17:49

Qual é a sua cena inesquecível de Spielberg?

Compartilhe: Twitter

Steven Spielberg, um dos diretores mais bem-sucedidos de Hollywood, completa 62 anos hoje. Quando era criança, ele invadiu, durante uma visita, um dos sets da Universal Studios. Acabou fazendo amizade com um editor, que lhe ensinou algumas coisas sobre fazer filmes.

Spielberg largou a faculdade de filmes e artes eletrônicas da Universidade Long Beach do Estado da Califórnia em 1968. Conseguiu concluir o curso apenas 35 anos depois, em 2002. Na formatura, a orquestra tocou o tema de Indiana Jones enquanto ele se dirigia para receber o diploma.

Dos filmes de Steven Spielberg, o que mais me marcou foi E.T.  Eu tinha 18 anos quando o filme estreou, em 1982. Lembro que fui ao Comodoro, cinema com uma tela gigantesca na Avenida São João, em São Paulo. Foi uma experiência incrível ver o filme naquela tela gigantesca. Também foi a primeira vez que vi a platéia aplaudir o final de um filme. Muito emocionante. Em 2002, quando completou 20 anos, E.T. foi relançado e levei meus filhos ao cinema. Desta vez, fomos a uma sala apertada do Shopping Eldorado, com uma telinha ridícula. Mas a sensação deles foi a mesma que eu tive 20 anos antes. Por isso, esta cena que selecionei é a minha preferida de Steven Spielberg.

Autor: - Categoria(s): Cinema Tags: , , , , ,
Voltar ao topo