Publicidade

Publicidade

18/09/2009 - 11:59

Salto alto… com os dias contados?

Compartilhe: Twitter

tumblr_kpgnwgjnBS1qzpiv4o1_500

O Congresso de Sindicatos da Grã-Bretanha resolveu declarar guerra ao uso obrigatório de sapatos de salto alto. Para infelicidade dos pobres pés, o sapato de salto é praticamente regra para algumas profissionais, como comissárias de vôo e vendedoras. O Congresso de Sindicato espera dar a essas mulheres a chance de escolher opções mais confortáveis na hora de escolher o calçado.

marie-antoinette

O mais glamuroso tipo de calçado ganhou o mundo a partir dos salões da corte real da França do século XVIII. Além de manter os nobres pés bem longe da lama, o sapato de salto criava uma elevação física – perfeita para simbolizar a “elevação” social da nobreza do período.  Só que os sapatos de salto eram desconfortáveis a ponto dos nobres precisarem ser literalmente carregados pelos empregados em cadeirinhas.

salto-gwyneth-paltrow-01g

Já o salto agulha foi inventado na Itália da década de 1950 e era feito de metal, náilon e plástico. Acima, a atriz Gwyneth Paltrow em um altíssimo salto agulha.

Amsel_SevenYearItch

Por razões óbvias, foi o vestido branco esvoaçante de Marilyn Monroe que entrou para a história como uma das imagens mais sexies do cinema. A atriz também vivia em cima de sapatos de salto, que se popularizaram depois da Segunda Guerra Mundial. Ela declarou certa vez: “Não sei quem foi o inventor do salto alto, mas todas as mulheres devem muito a ele!”.

SWI004AY

Outra que literalmente se equilibrava nos sapatos era a atriz e bailarina Ginger Rogers, célebre parceira de Fred Astaire. Muitos críticos acusam a indústria cinematográfica de não fazer jus ao trabalho de Ginger. Uma frase famosa diz que “Ginger Rogers conseguia fazer exatamente a mesma coisa que Fred Astaire – só que de costas e de salto alto!”.

carmen_miranda-006

A cantora Carmen Miranda fazia jus ao título de “pequena notável”. A portuguesa radicada no Brasil media 1,53 metro, combatidos com saltos plataforma e estratégicos arranjos na cabeça.

nicole_kidman_2

Quando pediu divórcio de Tom Cruise, Nicole Kidman foi ácida: “Agora eu posso voltar a usar salto alto”. A atriz australiana mede 1,79 metro –  quase 10 centímetros a mais que o ex-marido de 1,70 metro.

Autor: - Categoria(s): Celebridades, Cotidiano, Invenções Tags: , , , , , , , , ,
22/11/2008 - 22:57

Correndo de salto alto

Compartilhe: Twitter

Tem notícia que a gente escuta e até parece piada. Lembro quando ouvi pela primeira vez que mulheres estavam disputando corridas de salto alto. Todas devem acabar a prova com os tornozelos torcidos, imaginei. Só que a modalidade virou coisa séria. Tanto que elas já fazem parte do calendário esportivo de países como Rússia, Alemanha, Estados Unidos, Austrália. As corridas são sempre patrocinadas e pagam prêmios. Costumam reunir até 300 mulheres, que competem em cima de saltos que variam de 7 a 9 centímetros. As distâncias não passam de 100 metros. Veja uma reportagem da TV russa sobre o assunto:

Acha que correr de salto alto é uma coisa absurda? Então, espere para ouvir sobre outra novidade:  a aeróbica de salto alto. Os médicos costumam alertar sobre os perigos do uso diário de salto alto. Mas parece que muita gente não se importa. Parece loucura no começo, mas acaba virando moda logo depois. Você se lembra de algum outro “esporte” maluco assim?

 

Autor: - Categoria(s): Esporte, Sem categoria Tags: , , ,
28/10/2008 - 13:01

O TV Curioso está no ar!

Compartilhe: Twitter

O TV Curioso desta semana visitou a cozinha de um restaurante armênio em São Paulo. Veja a entrevista com a jornalista Cláudia de Castro Lima, autora do livro “Linha do Tempo”. Inês de Castro conta a história do salto alto. Chocolate amargo faz bem para a saúde? Reveja a abertura do seriado “Magnum” e confira a apresentadora de TV que desmaiou com o programa no ar.

Ah, não perca, na próxima semana, o programa especial em comemoração ao primeiro aniversário do TV Curioso.

Autor: - Categoria(s): Comes e bebes, Invenções, Televisão Tags: , , , ,
Voltar ao topo