Publicidade

Publicidade

26/03/2010 - 16:44

A Segunda Guerra Mundial de Travesseiros

Compartilhe: Twitter

Preparar, apontar e… travesseiros! No próximo dia 3, o Brasil vai participar da segunda edição do Dia Mundial da Guerra de Travesseiros. No ano passado, o evento contou com 3 mil participantes no país todo, um terço só em São Paulo. Foram 27 cidades guerreando ao mesmo tempo. Para 2010, já são 30 as cidades cadastradas. A expectativa é que o número cresça para 10 mil participantes. São esperados 3 mil “soldados” em São Paulo, que terá o Vale do Anhangabaú como cenário.

Por aqui, quem organiza o evento é o MOBrasilNEWS.com, o maior site especializado em flash mob (ações inusitadas que reúnem várias pessoas) do país. Mas a ideia original é canadense – o grupo “New Mind Space” organizou o primeiro “Pillow Fight Day” em 2006. Hoje, eles mantêm um site específico para a guerra de travesseiros para cadastrar todas as cidades que vão aderir ao movimento ao redor do mundo.

Veja as cidades que vão participar do Pillow Fight Day:

Interessado? Então, vamos às regras. A primeira delas é que a batalha não tem hora para acabar. Porém, os organizadores pedem para que os participantes não continuem depois do anoitecer, pois precisa sobrar tempo suficiente para limpar o local. Recolher os destroços da batalha é de responsabilidade dos guerreiros. As prefeituras não têm nada a ver com isso.

Cada um leva o seu travesseiro, e é uma boa ideia levar alguns extras para emprestar para guerreiros sem armas. Mas eles devem ser de penas artificiais, ou seja, nada de penas de ganso. Outro detalhe importante: não vale atacar quem não tiver com travesseiro ou com almofada para se defender. Nada de  colocar objetos dentro das fronhas.

E não se esqueça de ter na ponta da língua a resposta oficial preparada para o caso de a imprensa aparecer: “Vim agora da Casas Bahia (ou qualquer outra loja), fui lá comprar almofadas. Passei aqui e, de repente, me jogaram no meio disso”. O responsável pelo MOBrasilNEWS.com, Caio Komatsu, explica: “É uma característica do flash mob dar a ideia de que aquilo não foi previamente combinado, apenas um fruto do acaso”.

A guerra começa às 17 h, e é totalmente gratuita. Vale lembrar que os travesseiros que sobreviverem serão doados com todas as honras para uma ONG de reciclagem.

Autor: - Categoria(s): Bizarro, Cotidiano, Datas Comemorativas, Humor Tags: , ,
Voltar ao topo