Publicidade

Publicidade

12/04/2010 - 00:20

Celular que funciona à base de refrigerante

Compartilhe: Twitter

Quem disse que consumir calorias é coisa apenas para os seres vivos? Os aparelhos eletrônicos também podem gostar de… refrigerante. O designer chinês Daizi Zheng projetou, a pedido da  Nokia, o Eco-Friendly. Ele é um celular que funciona à base de bebidas açucaradas. A ideia é dispensar as baterias convencionais, de lítio, fonte de energia mais cara e poluente.

A bateria movida à refrigerante é totalmente biodegradável. Funciona à base de carboidratos, presentes no açúcar da bebida. Além de ser bom para o meio ambiente, também representa um ganho em produtividade, já que tem uma duração entre três e quatro vezes maior que a as baterias convencionais.

Na hora de carregar, nada de tomadas e cabos. O celular tem uma tampa na parte superior, por onde se coloca a bebida. Uma vez que o refrigerante já abasteceu o aparelho, é preciso agitá-lo alguns instantes. Depois, é só fechar a tampa e sair falando. Quando acabar a bateria, basta jogar o líquido fora e adicionar um novo. Prático assim. Veja como funciona:

A assessoria de imprensa da Nokia no Brasil não soube informar se o projeto de Daizi Zheng será comercializado de fato pela empresa.

Autor: - Categoria(s): Invenções Tags: , , , ,
12/03/2009 - 21:11

O que é mais rápido: celular ou telégrafo?

Compartilhe: Twitter

O telégrafo foi um importante meio de comunicação entre o final do século XIX e início do século XX – usava a eletricidade para enviar mensagens através daquele que ficou conhecido como código morse. O código morse existe há 170 anos.

A mensagem de texto de celular – ou SMS – é uma das maneiras mais rápidas e fáceis de se mandar um recado para outra pessoa. A mensagem de celular não tem nem 20 anos.

O programa humorístico norte-americano “The Tonight Show”, apresentado por Jay Leno, resolveu testar qual dos dois meios de comunicação era o mais rápido. Uma dupla de mensageiros especializados em código morse e dois jovens munidos com modernos celulares foram desafiados a enviar a mesma mensagem, a uma mesma distância, para seus respectivos parceiros.

Quem você acha que ganhou essa corrida tecnológica?

Autor: - Categoria(s): Invenções Tags: , , , , , ,
12/02/2009 - 11:49

Falar de graça custa 9,90 reais. De graça?

Compartilhe: Twitter

Não sei se é culpa da reforma ortográfica… Eu sempre achei que não era preciso pagar nada quando algo fosse “de graça”. Até que recebi ontem uma mala direta da operadora de celular Claro.

Viu só? Falar de graça custa R$ 9,90 por mês. Temos que mandar corrigir imediatamente todos os dicionários!

Autor: - Categoria(s): Cotidiano, Humor Tags: , , , , ,
Voltar ao topo