Publicidade

Publicidade

09/10/2009 - 10:27

Um olho na bola e o outro na gata

Compartilhe: Twitter

A primeira Copa Libertadores de Futebol Feminino está sendo disputada  nas cidades de Santos e Guarujá, no litoral de São Paulo. O Santos é o representante brasileiro e trouxe Marta, a melhor do mundo, para reforçar a equipe. Deve conquistar o título sem maiores problemas.  São eventos assim que atraem cada vez mais a atenção do público.

O público também passou a se interessar mais pelo esporte por causa de suas musas. Em março de 2008, por exemplo, a atacante do Internacional Laisa Andrioli agraciou os leitores da “Sexy” com um ensaio de capa (foto à direita).  A edição deste mês da edição brasileira da revista esportiva “FourFourTwo” traz uma boa entrevista com Laisa (foto à esquerda).

laisa31

Para não dizer que são só os torcedores brasileiros que, às vezes, se esquecem do futebol das meninas, vale lembrar o caso da alemã Eva Roob. Eva não foi uma jogadora brilhante  atuando pelo Nuremberg F.C. no Campeonato Alemão. Talvez por isso tenha pendurado as chuteiras para assumir a personalidade de Samira Summer. Ela decidiu se tornar atriz pornô. Sua estreia aconteceu no filme “Sweet Cheeks 10”.

evaroob

bel-cenira

O primeiro exemplo de jogadora a usar os dotes físicos para além do futebol é Isabel Cristina Nunes, a Bel. Ela posou na capa da “Playboy” em julho de 1995. Alguns meses antes, em janeiro, Bel havia sido campeã sul-americana pelo Brasil. Na foto ao lado, ela aparece com a camisa 21, ao lado da zagueira Cenira.

A gaúcha começou a carreira em 1983, no Pepsi Bola — time patrocinado pela marca de refrigerantes. Um ano depois, apareceu pela primeira vez na “Playboy”, de roupa, mas em poses sensuais. Como jogadora, passou ainda pelo Internacional e pelo Torino, da Itália.

cleoJá a loira Cléo Brandão é mais conhecida pela passagem que teve como apresentadora na Rede Bandirantes. Ela esteve à frente de programas esportivos como “Band Esporte” e “Esporte Total”. Antes disso, em 1997, ela jogou no time feminino do São Paulo.

Assim como Bel, Cléo posou nua para a “Playboy”. A edição foi lançada em maio de 1999, quando ela não entrava mais em campo. Confira abaixo as capas de Bel e de Cléo Brandão.

bel

E, já que estamos no meio futebolístico, não podemos  esquecer da “Playboy” mais polêmica relacionada ao tema. A bandeirinha Ana Paula Oliveira saiu nua na edição de julho de 2007 e deu muito o que falar.

anapaula

Autor: - Categoria(s): Esporte Tags: , , , , , , , , , , , , , , , ,
10/12/2008 - 16:45

As "boleiras" da Playboy

Compartilhe: Twitter

Não acho que a contratação de Ronaldo Fenômeno pelo Corinthians tenha sido a notícia mais bombástica do futebol dos últimos tempos. Nem o hexacampeonato do São Paulo. Muito menos saber que o presidente da Federação Paulista não será mais convidado para ver o show da Madonna no Morumbi. A grande bomba, sem sombra de dúvida, é a capa da revista Sexy deste mês com as fotos de Dany Cavalieri, mulher do goleiro Diego Cavalieri, ex-Palmeiras, agora no Liverpool, da Inglaterra. Ela está na capa e em mais 21 páginas! Digo que é uma grande bomba porque o futebol é ainda um mundo muito machista e tamanha ousadia chama a atenção. Na Europa, isso é mais comum (ontem, aqui no IG, vimos a ex-namorada de Cristiano Ronaldo, que apareceu nua num calendário). No Brasil, são poucos os casos como o de Dany Cavalieri.

É só lembrar tudo o que aconteceu com a bandeirinha Ana Paula Oliveira depois de ter feito um ensaio para a Playboy. Foi apitar jogos da antipenúltima divisão.

Assim, de cabeça, lembro da atriz Terezinha Sodré, mulher do capitão do tri Carlos Alberto Torres, capa da Playboy em outubro de 1986 (somente no Rio de Janeiro. Em outras capitais, ela saiu numa janelinha da capa).

Talvez você lembre de várias namoradas ou ex-namoradas de jogadores que saíram peladas. Duas ex-namoradas do próprio Fenômeno saíram juntas num mesmo ensaio em janeiro de 1998: Nádia França e Viviane Brunieri (que se tornou estrela de filmes pornôs).

Karen Matzenbacher posou para Playboy em abril de 1995. Na época, ela foi apresentada como namorada de um zagueiro da Seleção Brasileira de 1994. Oito meses depois, ela se casaria com o centroavante Jardel e passaria a assinar como Karen Ribeiro. Os dois se separaram em 2002.

Mari Alexandre, hoje sra. Fábio Júnior, também passou pela capa de Playboy em abril de 1992 e foi namorada de Juninho Paulista, ex-São Paulo, Palmeiras e Vasco.

Em fevereiro de 1995, a revista causou escândalo com o ensaio de Andréa de Oliveira, que se apresentava como amante do centroavante Romário. Foi o maior bafafá.

A aniversariante de hoje, Luma de Oliveira, foi namorada do ex-jogador e agora técnico (no momento desempregado) Renato Gaúcho. Ele contou detalhes do relacionamento numa entrevista à revista Interview. Mas Luma já havia posado para a Playboy em setembro de 1987, antes do relacionamento.

Em janeiro deste ano, a Playboy trouxe também do jeito que veio ao mundo Letícia Carlos, já ex-namorada do são-paulino Richarlysson. Alguns jornais chegaram a noticiar um pequeno affair de Letícia com outro jogador, Denílson, então no Palmeiras.

Você deve estar pensando que esqueci da principal… Xuxa, a namorada de Pelé. Não. Achei melhor não colocar foto da capa de Playboy de dezembro de 1982. Xuxa tem uma porção de advogados que ficam monitorando a internet e mandando notificações para quem ousar publicar algo que ela quer que as pessoas esqueçam. Então melhor não mexer com ela.

Autor: - Categoria(s): Celebridades Tags: , , , , , , , , , , , , , ,
Voltar ao topo