Publicidade

Publicidade

05/05/2010 - 12:01

O fotógrafo sobreviveu para contar a história?

Compartilhe: Twitter

A resposta é sim. Na verdade, foram dois fotógrafos, os irmãos Will e Matt Burrard. Eles desenvolveram a BeetleCam, uma câmera com rodinhas, para fazer imagens ousadas como essa na Tanzânia, na África. A viagem já estava marcada e os dois tiveram que correr contra o relógio para acertar os detalhes técnicos da máquina a tempo.

Foi preciso um motor resistente e pneus grandes para fazer a câmera se movimentar pelo terreno acidentado da África. Além disso, os fotógrafos também não se esqueceram do sol escaldante característico do lugar. Para isso, desenvolveram um sistema de dois flashes (que disparam de acordo com as condições da luz). Todo o trabalho foi feito na garagem de Will, e foi concluído poucos dias antes da partida.

Mas se engana quem pensa que fotografar com essa engenhoca é como brincar com um carrinho de controle remoto e disparar a câmera. É necessário estratégia e paciência. Os elefantes, por exemplo, dão trabalho, pois estranham quando encontram um objeto desconhecido perambulando pelo seu habitat, e é preciso esperar o tempo que o animal leva para se adaptar. Os irmãos Burrard também usaram a engenhoca para produzir vídeos, como esse abaixo que apresenta a novidade:

Autor: - Categoria(s): Animais Tags: , , , ,
22/07/2009 - 15:39

Conheça o único "hotel-girafa" do mundo

Compartilhe: Twitter

Mesas de café da manhã em hotéis costumam ser bem fartas. Só que, além de um café da manhã caprichado, o hotel que pertence à família Carr-Hartley oferece a seus hóspedes a presença de convidadas bem especiais. Elas costumam aparecer por volta das 9 horas.

Localizado próximo à Nairóbi, capital do Quênia, o terreno de 560 metros quadrados abriga um grupo de oito girafas Rothschild, que cultivam o divertido hábito de esticar o pescoço pelas janelas e compartilhar refeições com os hóspedes.

Os quenianos Tanya e Mikey Carr-Hartley são proprietários do Giraffe Manor, o “único hotel-girafa do mundo”. Uma diária no hotel-girafa custa 360 dólares (cerca de 720 reais) e inclui todas as refeições, serviço de lavanderia e, claro, o colorido das girafas!

Uma das espécies de girafa mais raras do mundo – existem cerca de 500 exemplares -, a Rothschild pode chegar a 6 metros de altura e costuma aparecer para tomar café por volta das 9 da manhã.

Autor: - Categoria(s): Animais, Bizarro, Viagem Tags: , , , ,
Voltar ao topo