Publicidade

Publicidade

14/09/2009 - 16:12

Todas as garotas da Victoria's Secret

Compartilhe: Twitter

Uma das marcas de lingerie mais glamurosas do mundo, a Victoria’s Secret foi idealizada por um homem. Roy Raymond percebeu que, assim como ele, muitos homens ficavam embaraçados quando precisavam comprar lingeries para suas mulheres em lojas de departamento.

V283038_RC367_CROP1

Assim, com dinheiro emprestado de seus pais, ele montou a primeira loja da Victoria’s Secret, em 1977. No primeiro ano de funcionamento, a companhia faturou meio milhão de dólares. Em 1982, ele vendeu a empresa. Roy Raymond ainda tentou outros negócios, mas não obteve o mesmo sucesso. Divorciado e falido, o empresário cometeu suicídio, pulando da ponte Golden Gate, em São Francisco, em 2 de setembro de 1993.

As campanhas publicitárias e desfiles protagonizados por supermodelos são os maiores trunfos da Victoria’s Secret. Nomes como Heidi Klum, Stephanie Seymour, Tyra Banks, Adriana Lima e Gisele Bündchen já vestiram as peças  da empresa.

Em 2008, a modelo brasileira Adriana Lima usou o “Fantasy Bra” – o impressionante modelo de sutiã feito com diamante e avaliado em alguns milhões de dólares.

05_Flatbed_1 OCTOBER

Em evidência no começo da década de 1990, Stephanie Seymour ficou conhecida por namorar o roqueiro e bad boy da época Axl Rose. O relacionamento começou em 1991, durou dois anos, rendeu dois processos e duas participações de Stephanie nos videoclipes da banda Guns N’ Roses.

stephanie_seymour4

Hoje em dia, a supermodelo Tyra Banks é uma bem-sucedida apresentadora de televisão. Nascida em 4 de dezembro de 1973, ela assina e comanda o reality-show “America’s Next Top Model” e o talk show “The Tyra Banks Show”.

vsbra2004

A alemã Claudia Schiffer não queria ser modelo. Filha de advogados, ela almejava seguir a profissão do pai até ser descoberta em uma boate na cidade de Dusseldorf. Ela é modelo da Victoria’s Secret desde 1995.

claudia_schiffer8

Gisele Bündchen, a modelo mais bem paga do mundo, recentemente confirmou os boatos sobre sua gravidez. Gisele está grávida de seis meses do jogador de futebol americano Tom Brady.  Será que a VS vai aproveitar e sair com uma coleção para gestantes?

gisele_bundchen

 

Autor: - Categoria(s): Celebridades Tags: , , , , , , ,
19/07/2009 - 18:30

A história da sobrancelha ao longo do tempo

Compartilhe: Twitter

A modelo brasileira Adriana Lima apareceu com as sobrancelhas descoloridas no catálogo desse ano da Givenchy. Achou estranho?

Pois, ao que tudo indica, a mais nova invenção fashion é descolorir ou mesmo raspar as sobrancelhas. Tanto que o jornal inglês Daily Mail modificou fotos de celebridades, revelando como elas  ficariam caso resolvam aderir à moda:

As atrizes Keira Knightley, Angelina Jolie e a ex-Spice Girl Victoria Beckham na versão sem sobrancelhas

Não é primeira vez que as sobrancelhas passam por uma mudança radical. Afinal, as mulheres raspam, descolorem, tingem e depilam a região acima do olhos de acordo com as tendências da época. Mesmo a ideia de raspar as sobrancelhas não é nova – Mona Lisa e outras musas já eram adeptas do estilo desde o Renascimento:

Na época de ouro do cinema mudo, as sobrancelhas eram uma ferramenta indispensável para as atrizes, que as raspavam completamente, para depois pintá-las de acordo com o papel. Mocinhas ingênuas eram dignas de  sobrancelhas curtas, já mulheres fatais recebiam um olhar emoldurado com sobrancelhas longas e arqueadas, como a da atriz Theda Bara.

A década de 40 foi marcada por sobrancelhas mais grossas no início e mais finas no final. O resultado era o olhar  feminino e sensual de Rita Hayworth.

Durante a  viagem libertária dos anos 60, além de queimar sutiãs e usarem flores nos cabelos, as mulheres também rasparam as sobrancelhas. Lideradas pela supermodelo britânica Twiggy, as mocinhas raspavam tudo e depois tratavam de desenhar arcos bem finos com lápis.

A década de 80 foi o reinado das sobrancelhas ao natural, grossas e expressivas. A principal representante dessa época foi a atriz Brooke Shields.

Nos anos 90, elas perderam volume, mas continuaram seguindo o traçado natural acima dos olhos, como as sobrancelhas da espanhola Penélope Cruz .

Para saber mais sobre curiosidades de beleza feminina, clique aqui.

Autor: - Categoria(s): Celebridades Tags: , , , , , , , , , , , , , ,
26/05/2009 - 15:40

A escolha dos sutiãs mais criativos

Compartilhe: Twitter

A marca de lingerie Triumph lançou um concurso para jovens estudantes de moda. O “Triumph Inspiration Award” dará um prêmio de 15 mil euros ao estilista que criar o conjunto de sutiã e calcinha mais criativo. Em 2008, a vencedora foi a estilista japonesa Midori Matsuo, que bateu 31 concorrentes com a produção “Under Skin”:

Também em 2008, uma das finalistas foi a brasileira Adriana Marques, que criou uma peça inspirada em um vestido de noiva, aqui usada por uma modelo:

A alemã Theresa Bachler inspirou-se no glamour da década de 30 para criar o “Once Upon a Time” (“Era uma vez”, em inglês):

Em 2009, o tema do “Triumph Inspiration Award” será “Ícones”. Difícil?!?  Para dar uma mãozinha aos concorrentes, vamos lembrar de alguns sutiãs que foram ícones e entraram para a História.

Na virada do século 19, a francesa Herminie Cadolle rasgou ao meio o desconfortável espartilho e tornou-se a inventora do sutiã moderno. Tal modelo foi aperfeiçoado em 1931 pela socialite americana Mary Phelps e passou a ser produzido em escala comercial pela empresa Warner:

Na década de 1940, o milionário americano Howard Hughes criou um sutiã com armação apenas na parte de baixo, desenhado para erguer e sustentar o busto:

Nos anos 60, grupos feministas fizeram da queima de sutiãs símbolo da luta por direitos iguais na sociedade:

O sutiã em forma de cone, desenhado pelo estilista Jean Paul Gautier e usado pela  cantora Madonna nos palcos da turnê “Blonde Ambition”, tornou-se um símbolo da década de 90.

Dez anos depois, a princesa do pop Britney Spears causou frisson ao aparecer só de sutiã e calça cor da pele em sua performance na premiação americana VMA (Video Music Awards), cantando “I Can’t Get No(Satisfaction)”, dos Rolling Stones.

Um dos sutiãs mais impressionantes já criados foi o “Fantasy Bra”, da marca “Victoria’s Secret”. A  linha de sutiãs, feitos com diamantes,  já cobriu os seios de Gisele Bundchen, Tyra Banks, Adriana Lima e Heidi Klum. O modelo usado por Gisele foi estimado em 12,5 milhões de dólares:

Já Heidi Klum quebrou seu “Fantasy Bra”  – cujo valor foi estimado em 8 milhões de dólares – durante a gravação do talk-show apresentado por Jay Leno, em outubro de 2003. Para sorte de Heidi, a produção conseguiu consertar o sutiã milionário com fita adesiva.

Para terminar, vale lembrar também do ícone do cinema trash “Elvira, a rainha das trevas”(1988). Uma das cenas mais memoráveis do longa é a “dança dos peitos”,  feita pela  sinistra beldade no finalzinho da história. Veja o sutiã-aranha que ela exibe a partir dos 2 minutos de vídeo.

Autor: - Categoria(s): Celebridades, Sem categoria Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , ,
Voltar ao topo