Publicidade

Publicidade

Arquivo da Categoria Brinquedos

27/04/2010 - 22:11

Conhece o lubrificante de cubo mágico?

Compartilhe: Twitter

Na década de 80, o cubo de Rubik, mais conhecido como cubo mágico,  se tornou uma verdadeira febre. Tanto que surgiu até um produto especial para tornar a tarefa mais rápida. Era o “Cube Lube”, um lubrificante especial para facilitar os movimentos do cubo. Quem fez  a descoberta foi o curioso Douglas Nascimento.

Hoje, apesar de o sucesso não ser mais o mesmo, ainda é possível encontrar versões do cubo por aí, com variações que vão dos eletrônicos aos modelos “chaveirinho”. Tem até uma versão virtual para o quebra-cabeças, o Siscube. O internauta escolhe o movimento e assiste seu cubo se mexer enquanto o cronômetro marca o tempo e o número de jogadas. Sem precisar de lubrificante!

Autor: - Categoria(s): Baú, Brinquedos, Invenções Tags: , , , , ,
01/02/2010 - 22:00

É um brinde, sim. Mas custa 2 reais!

Compartilhe: Twitter

Brinde é algo que a gente recebe de graça, como prêmio, como bonificação. Menos no Parque da Mônica, em São Paulo. Lá os brindes têm preço. Um churro custa 3 reais. Acompanhado de um “brinde”, que pode ser uma caderneta ou uma latinha, o churro passa a 5 reais. A mesma regra vale para a pipoca e para o algodão doce.

churros

O Parque da Mônica encerra suas atividades no Shopping Eldorado no próximo dia 16 de fevereiro, terça-feira de Carnaval. Não deixe de fazer uma visita de despedida. Nestes últimos dias, o parque está dando um bottom com a inscrição “Eu brinquei no Parque da Mônica”. Bem, nesse caso é um brinde mesmo!

Autor: - Categoria(s): Brinquedos, Humor, Propaganda, São Paulo Tags: ,
09/10/2009 - 11:19

No princípio, era o Lego

Compartilhe: Twitter

gn02_25

Em Sintra, Portugal, o Museu dos Brinquedos está fazendo uma grande exposição sobre o Lego. Fiquei sabendo de uma histórioa muito boa. O “Reverendo” Brendan Powell Smith encontrou uma maneira bem criativa de espalhar a mensagem de Jesus- ou ao menos a sua versão dela – pelo mundo. Ele montou e fotografou centenas de cenas da Bíblia usando pecinhas de Lego como ferramenta principal.

mt26_20

Criada em 1932 pelo carpinteiro dinamarquês Ole Kirk Christiansen, a companhia Lego já vendeu 400 bilhões de pecinhas no mundo todo. Seus primeiros “bonequinhos”  foram lançados em 1978. (Você encontra mais sobre invenções aqui)

Filho de um pastor protestante, Brendan considera-se um ateu “fascinado” pelo estudo da religião. Seu projeto começou em 2001, quando ele tinha 30 anos, um diploma de Filosofia e Teologia e ganhava a vida desenvolvendo sites na Internet.  Apesar de controverso, o “The Brick Testament” (“O Testamento de Pecinhas”) já saiu do mundo online e virou livro destinado para o público infantil.

Autor: - Categoria(s): Brinquedos Tags: , , , , ,
11/08/2009 - 16:44

Quartos de crianças que parecem um sonho

Compartilhe: Twitter

Acabamos de fazer uma reforma no quarto do Antônio, meu caçula, lá em casa. O berço foi embora e chegou uma caminha. Colocamos também duas prateleiras para livros e brinquedos. Antes, claro,  compramos uma série de revistas de decoração e fomos até a Casa Cor para buscar inspiração. No final das contas, ficamos com o basicão. Mas que dá vontade de fazer um daqueles quartos de crianças de filme de cinema, ah, isso dá! Pois descobri uma emprea chamada Kidtropolis, que promete fazer os sonhos se transformarem em  realidade. Localizada em Viena, na Áustria, a empresa projeta e constrói quartos para crianças com uma decoração pra lá de especial. Para as gêmeas, um carrossel  no meio do quarto…

É possível encomendar quartos decorados como um navio ou quartos com “casas na árvore”. Vale tudo – só precisa de muita imaginação e uma bela conta bancária!

Quem dorme aqui é o dono da “mamadeira mais rápida do Oeste” (olha só o tamanho do barril de leite ao lado). Será que os pais que encomendaram esse quarto eram fãs de filmes de faroeste?

O único problema desse quarto – batizado de “Play Room” (“Quarto de Brincadeiras”) – é justamente conseguir parar de brincar e ir dormir.

Ainda bem que o Antônio só tem 3 anos e não vai conseguir ver nada disso aqui no blog…

Autor: - Categoria(s): Bizarro, Brinquedos, Cotidiano, Sites curiosos Tags: , ,
21/03/2009 - 21:12

Monopoly x Banco Imobiliário

Compartilhe: Twitter

                                                               

Enquanto no mundo real assistimos a fusões de bancos, no mundo dos tabuleiros os bancos se dividiriam. Em 1944, a Estrela começou a vender no Brasil o Banco Imobiliário, jogo de compra e venda de propriedades, originariamente batizado de Monopoly por Charles Darrow, seu criador. Desde outubro passado, porém, a Hasbro, dona do jogo, e a Estrela encerraram a parceria. “Eles decidiram abrir um escritório de importação e distribuir os próprios produtos no Brasil”, diz Aires Fernandes, diretor de marketing da Estrela. A Estrela lançou, então, uma nova versão de seu Banco Imobiliário. Como não há propriedade intelectual de mecânica de jogos, uma simples mudança nas regras altera tudo. “O nosso jogo é inspirado no Monopoly, mas foi abrasileirado, tem suas próprias regras próprias”. Livre de qualquer problema legal, a Estrela acredita que a concorrência vai esquentar o mercado. “Vendemos meio milhão de peças todos os anos”, diz Aires. “O Banco Imobiliário é o jogo mais vendido na história do Brasil”.

A Hasbro resolveu não vai deixar isso barato. A empresa está promovendo o primeiro Campeonato Brasileiro de Monopoly, que será disputado amanhã, domingo, dia 22, no Citibank Hall, em São Paulo (Avenida Jamaris, 213, Moema, 6846-6040). Entre os 1 000 participantes, o campeão garante uma vaga para o Mundial de Las Vegas, Estados Unidos, em outubro. Depois de 12 edições, pela primeira vez um brasileiro terá chance de concorrer ao prêmio de 20 580 dólares, equivalente à quantia total em dinheiro usada no jogo. As inscrições para o evento de amanhã estão esgotadas. Sobre o fim da parceria, a Hasbro não quis se pronunciar.

Autor: - Categoria(s): Brinquedos Tags: , , , , ,
18/03/2009 - 14:03

A autópsia de um Lego

Compartilhe: Twitter

Como seria um boneco Lego por dentro? Não, não precisa cortar os do seu filho ou do seu irmãozinho. Na imaginação do artista, ilustrador e “maluco” Jason Freeny , ele é igualzinho a uma pessoa normal. Confira o resultado da autópsia de Freeny no pobre boneco:

Autor: - Categoria(s): Brinquedos Tags: ,
11/02/2009 - 15:23

Brinquedos tridimensionais de papel

Compartilhe: Twitter

O programa preferido de meu filho mais novo, o Antonio, é “Mister Maker”, da Discovery Kids. Ele fica totalmente compenetrado no programa e, depois, quer sair fazendo todos os tipos de manifestações artísticas que viu. Por isso, estou virando um especialista em artes manuais? Estou até pesquisando sobre isso. Você já ouviu falar do “Papercraft”?


Você imprime, recorta, cola e monta figuras tridimensionais feitas de papel, usando uma técnica parecida com o origami. Dá para montar vasos de plantas, personagens de desenhos animados, naves espaciais – o céu (e o cartucho de tinta da impressora) é o limite!

Para começar, dê uma passadinha no site “Papercraf Museum”, que possui centenas de opções e tutoriais para você fazer seus próprios modelos em casa.

Autor: - Categoria(s): Brinquedos Tags: ,
11/02/2009 - 09:44

Capas de discos feitas de Lego

Compartilhe: Twitter

O Lego deixou de ser brinquedo de criança e virou assunto “sério”. O site The Toy Zone juntou o trabalho de vários artistas que recriaram capas de álbuns famosos em Lego:

Esse aqui juntou as pecinhas e remontou as capas dos principais discos dos Beatles:

Chamada de a “salvação do rock”, a banda The Strokes teve a capa de seu álbum de estreia –  Is This It (2001) – recriada em Lego:

A capa original de “Velvet Underground & Nico” (1967) foi desenhada pelo pai da Pop Art, Andy Warhol. Será que ele aprovaria a nova versão da capa?

Idealizada pelo próprio Kurt Cobain, a capa do “Nevermind” (1991) também recebeu sua versão em Lego

Autor: - Categoria(s): Brinquedos, Humor, Música Tags: , ,
17/01/2009 - 07:00

Uma bolsa ou um "Cubo Mágico"?

Compartilhe: Twitter

O “Cubo Mágico”, brinquedo símbolo da década de 80, está de volta. De quebra, ele virou também acessório da moda. Dê uma olhada nessa bolsa…

É possível comprar a bolsa no site YesStyle.

O “Cubo de Rubik” ou “Cubo Mágico” foi inventado em 1974 pelo escultor e professor de arquitetura Ernõ Rubik.  O quebra-cabeças em três dimensões começou a ser vendido em 1980 pela Ideal Toys.

No cubo original, cada uma das 6 faces do cubo era feita de 9 quadradinhos, pintados de branco, vermelho, azul, laranja, verde e amarelo. O objetivo do brinquedo era embaralhar e conseguir voltar ao resultado inicial.

Existem 43.252.003.274.856.000 combinações possíveis em um “Cubo Mágico” e o recorde de maior número de pessoas resolvendo o “Cubo Mágico” ao mesmo tempo pertence a 96 habitantes de Santa Ana, na Califórnia.

Autor: - Categoria(s): Baú, Brinquedos Tags: , , , , , ,
10/01/2009 - 15:15

Pac-Man: tudo começou em pizza

Compartilhe: Twitter

O famoso jogo de videogame era protagonizado por uma bolinha amarela, que tinha a missão de devorar pílulas espalhadas em um labirinto sem ser apanhada por uns fantasminhas. O japonês Toru Iwata teve a idéia do brinquedo em 1980, logo depois de pedir uma pizza delivery. Na época, ele trabalhava para uma fabricante de máquinas de pinball.

O jogo foi lançado no Japão com o nome de Puck-Man. Fez tanto sucesso que as moedas de iene, usadas como fichas de fliperama, chegaram a sumir do mercado. Entrou para o “Guinness Books – O Livro dos Recordes” em maio de 2005 como o maior game operado com moedas da história.

Nos Estados Unidos, Puck-Man passou a se chamar Pac-Man para evitar que o nome fosse associado a um palavrão. Entre 1980 e 1981, mais de 100 mil máquinas do videogame foram vendidas para o país.

Na Bolsa de Ações norte-americana, Pac-Man virou sinônimo de empresas que se defendem de outras que querem tomar seu controle de forma hostil.

A dupla de cantores Gary Garcia e Jerry Buckner é autora de uma canção “Pac-Man Fever” (Febre Pac-Man), inspirada no jogo.

O brinquedo chegou ao Brasil no Natal de 1983, sob o nome “Come-Come”. Aqui, virou desenho animado, exibido pela TV Bandeirantes. O personagem estrelou até um hilário comercial de um remédio para quem exagera na refeição.

Autor: - Categoria(s): Brinquedos Tags: , , , , , , , ,
Voltar ao topo