Publicidade

Publicidade
16/03/2010 - 22:17

Português para estrangeiros pela internet

Compartilhe: Twitter

Ser falante nativo de uma língua complicada como a portuguesa tinha que ter alguma vantagem. Pois tem, e das grandes. Nós, brasileiros, não ficamos tão perplexos com questões do tipo: “qual é a diferença entre gostar de café brasileiro e do café brasileiro?”.

A diferença é pequena, quase imperceptível, a gente sabe. Mas, para a autora dessa pergunta, a confusão é grande. A dúvida foi postada por uma finlandesa no WordReference, um site em que usuários de países diferentes se cadastram para aprender línguas estrangeiras, participando de fóruns e discussões. O curioso é que falantes nativos podem ajudar os estrangeiros a entender expressões populares que não se encontram nos dicionários bilíngues tradicionais.

Mas aprender uma outra língua não é a única vantagem de sites como esse. É muito interessante (e divertido, por que não?) ver as dúvidas dos estrangeiros sobre a nossa língua. Quem já parou para pensar no significado de “ser obrigado a pedir o boné”? Um norte-americano se deparou com a expressão estranha, e pediu ajuda:

Olá pessoal:
Tenho uma dúvida a respeito da frasse ‘ser obrigado a pedir o boné’. Aqui está o parágrafo completo:
‘Aquele mesmo general que, em abril último, tentou um golpe contra o presidente Wasmosy e acabou, por pressão do Brasil e dos EUA, sendo obrigado a pedir o boné.’
Tem a ver com a prática na milícia quando alguém é obrigado a se demitir de seu cargo? Alguém sabe como dizer isso em inglês?
Obrigado de antemão

Um brasileiro fez a gentileza:
Exatamente. Pedir o boné é despedir-se, afastar-se, desligar-se. (Regionalismo, Brasil, uso informal.)

A finlandesa do (e não de) café também não ficou sem resposta. Mas, para ela, as explicações vieram do Brasil e de Portugal:

Não se preocupe com isso, pois misturamos as duas formas em expressões… Gosto do vinho de Portugal. Gosto da música do Brasil. Gosto das camisetas daquela loja”, respondeu uma brasileira, e um português complementou: “Eu mais depressa diria que gosto DE café brasileiro. No entanto, não considero incorrecta a outra versão”.

Explicar expressões que parecem tão simples pode ser uma tarefa curiosa. O que significa “abrir mão”?  Bemvindo ou Benvindo podem ser usados como nomes próprios no Brasil? O que quer dizer “estou com água na boca”? São dúvidas reais. Está tudo no fórum do WordReference.

E agora: você ficou  morrendo de ou da curiosidade?

Autor: - Categoria(s): Brasil, Cotidiano, Sites curiosos Tags: , , , ,

Ver todas as notas

5 comentários para “Português para estrangeiros pela internet”

  1. krika disse:

    Realmente o portugues é um dos idiomas mais dificeis de se aprender. Infelizmente nosso ensino básico está cada vez pior, tornando a linguagem cada vez mais pobre, e ainda por cima “alguem” sismou de criar novas regras que só pioraram o aprendizado.

  2. Eu sou da família Bemvindo, com M. Mas é um sobrenome, e não o nome.
    É uma família bem numerosa aqui no Rio de Janeiro.

  3. Romildo Ribeiro Santos disse:

    Nossa língua é mesmo difícil: com um NÃO dizemos sim e com um SIM, dizemos não. Vejamos:
    Dê-me este sapato. Pois NÃO (´vai dar)
    Dê-me este sapato. Pois SIM… (Não vai dar, a julgar pela entonação que se dá à palavra SIM. Dá para o estrangeiro entender???!

  4. Hehehehe muito boa esta postagem!!

  5. Beatriz R disse:

    Então tenta explicar para os estrangeiros a diferença de uso dos por quês…. Sabe o que eles vão dizer?? WHAT??? rsrs

Os comentários do texto estão encerrados.

Voltar ao topo