Publicidade

Publicidade

Arquivo de fevereiro, 2010

26/02/2010 - 17:04

Você tem 1 minutinho para ver um longa-metragem?

Compartilhe: Twitter

Virou moda no YouTube. Fãs de cinema decidiram fazer suas próprias edições dos filmes favoritos. Assim nasceram as versões em 5 segundos de “Star Wars”, “Pulp Fiction” e “Titanic” (vídeo abaixo), entre outros. Mas a brincadeira ficou séria mesmo quando a revista “Empire” fez um concurso para eleger os melhores resumos de produções hollywoodianas. O tempo era maior – 1 minuto – e os candidatos foram obrigados a regravar as cenas.

Estudantes que integram a Sociedade de Cinema da Universidade de York, na Inglaterra, fizeram sua versão em 60 segundos de “Forrest Gump” para a competição da revista. Composta por alunos dos mais diversos cursos, a Sociedade de Cinema é totalmente amadora, e não tem grandes verbas para realizar seus filmes. O trio de diretores, formado por Joe Burgess, Rocco Sulkin e Will Tribble, ainda fez sua própria versão de “Kill Bill”, e pretende homenagear George Lucas com um “Star Wars” de 1 minuto. Em apenas um mês de exibição no YouTube, a cópia de “Forrest Gump” ultrapassou a marca de 1 milhão de espectadores.

Tem mais:  um dos diretores de fim-de-semana, o inglês Mark Wong, demorou cerca de 9 meses para realizar cada um de seus filmes de 1 minuto. Entre as produções realizadas por ele estão “Pearl Harbor” e “Top Gun”. Na competição da revista “Empire”, ele ficou entre os sete finalistas, mas não venceu. A semelhança com o filme real é tanta que Mark construiu um hangar de aviões em tamanho real no quintal de casa só pela brincadeira. Em “Top Gun”, Mark ficou no papel que pertenceu, originalmente, a Tom Cruise.

Os vencedores da competição foram os “cineastas por acidente” Stephen Power e Conal O’Meara, que gravaram “Jerry Maguire”. A lista de finalistas inclui ainda versões de “Seven”, “Pearl Harbor”, “O Cavaleiro das Trevas” e “Cloverfield”. É possível assistir a todos os vídeos no site do concurso.

Autor: - Categoria(s): Cinema, Humor Tags: , , , , , ,
25/02/2010 - 22:51

Paysandu foi o melhor brasileiro na Libertadores

Compartilhe: Twitter

Pronto! Todos os representantes brasileiros na Libertadores deste ano já estrearam. Como vamos falar muito sobre a competição sul-americana nos próximos meses, acho bom você conhecer algumas curiosidades. O São Paulo é o time brasileiro que mais jogou e que mais venceu a competição, três títulos em 15 participações. O Tricolor Paulista jogou, ao todo, seis finais de Libertadores.  Venceu metade. Em participações, o Palmeiras vem logo atrás, com um título em 14 Libertadores disputadas. (Confira a lista completa clicando aqui.)

Entre os times que foram campeões, o que está em jejum há mais tempo é o Santos. Desde 1963, quando foi bicampeão, o Peixe não levanta a taça. A propósito, o Santos, de Pelé, e o Flamengo, de Zico, foram as únicas equipes brasileiras que venceram a Libertadores na primeira vez em que disputaram (1962 e 1981).

zico

O melhor aproveitamento de um time brasileiro na história da Libertadores, entretanto, não pertence a nenhum dos campeões. O Paysandu, que disputou apenas a edição de 2003, fica com o posto. Em oito partidas, o Papão venceu cinco, empatou duas e perdeu apenas uma, para o Boca Juniors (que seria campeão) — incríveis 70,83%.

Aliás, não é à toa que os cinco brasileiros ficaram felizes porque o Boca Juniors, da Argentina, não se classificou para a Libertadores em 2010. Hexacampeões da América, os hermanos têm a mania de eliminar brasileiros pelo caminho dos títulos. Fez isso nas seis vezes em que levantou o caneco (Cruzeiro, 1977; Atlético Mineiro, 1978; Palmeiras, 2000; Vasco e Palmeiras, 2001; Paysandu e Santos 2003; Grêmio, 2007).

libertadores2007_227835

O retrospecto dos brasileiros não é ruim apenas contra o Boca. Nas decisões entre brasileiros e argentinos, eles levam vantagem. Foram 12 finais, desde 1963, quando o Santos venceu o Boca. Nossos vizinhos venceram nove:

campeao

O Corinthians é o único brasileiro que jogou a competição mais de cinco vezes e ainda não foi campeão. Em sete oportunidades (a oitava é neste ano), o time teve sua melhor campanha em 2000, quando passou por Atlético-PR e Atlético-MG no mata-mata, mas acabou eliminado nos pênaltis pelo seu maior adversário, o Palmeiras, na semifinal.

142587

Oito times jogaram a Libertadores uma única vez. O primeiro foi o Bangu, em 1986; o mais recente foi o Paraná, em 2007. Completam a lista Criciúma (1992), Goiás (2006), Juventude (2000), Paulista, de Jundiaí-SP (2006), Paysandu (2003) e Santo André (2005).

Confira mais curiosidades sobre a Libertadores no site Guia dos Curiosos Futebol.

Autor: - Categoria(s): Esporte Tags: , , , , , , , , , , ,
25/02/2010 - 17:41

Os homens que chegaram ao fundo do mar

Compartilhe: Twitter

Localizada ao sul do Japão e ao norte da Papua Nova Guiné (Oceania), a Fenda Mariana tem cerca de 10.916 metros de profundidade. Para efeito de comparação, uma aeronave Airbus A-320 consegue subir a até 12.131 metros do chão.

O australiano Herbert Nitsch, recordista de mergulho em profundidade, estabeleceu sua melhor marca em 14 de junho de 2007: 214 metros. Uma baleia azul, o maior animal da Terra, consegue afundar a, no máximo, 500 metros de profundidade. Nenhum desses números chega perto dos 10.916 metros da Fenda Mariana. Até mesmo a luz solar só consegue ser vista a até aproximadamente 1 mil metros de profundidade.

Mas a alta pressão e a falta de luz não impedem que a vida fique longe do fundo do mar. A Zona Abissal, entre 4 mil e 6 mil metros de profundidade, é o lar-doce-lar dos seres abissais, animais que não precisam subir à superfície para sobreviver. Dentre esses bichos, estão os belos (!!!) peixes Lophiiformes.

398032677_dfab408834

Depois disso tudo, ainda mais abaixo, apenas três expedições tiveram o privilégio de chegar. Só a primeira, em 1960, foi tripulada. O norte-americano Don Walsh e o suíço Jacques Piccard chegaram ao ponto mais fundo do oceano que o homem descobriu até hoje. A bordo do submarino Trieste, Don e Jacques atingiram a profundidade de 10.911 metros às 13h06 do dia 23 de janeiro de 1960.

Bathyscaphe_Trieste_Piccard-Walsh

A pressão da água sobre a embarcação era tanta que uma das janelas rachou, mesmo sendo feita com um vidro de 19 centímetros de espessura. Os aventureiros demoraram cerca de 5 horas para descer, e ficaram apenas 20 minutos no fundo. Lá, encontraram alguns peixes, e descobriram uma nova espécie de camarão. Até então, acreditava-se que não havia bichos que sobrevivessem àquela profundidade.

Hoje em dia, aos 78 anos, Don Walsh (na foto, à esquerda) atua como consultor em trabalhos que envolvem grandes profundidades no oceano. Jacques Piccard morreu aos 86 anos, em 1º de novembro de 2008, de causas naturais. Ele morava às margens do lago Léman, e mergulhou pela última vez aos 82 anos.

walsh

Autor: - Categoria(s): Bizarro, Recorde Tags: , , , , , , , ,
24/02/2010 - 19:02

Como escolher o nome para um pregador de roupa

Compartilhe: Twitter

Fico imaginando aquelas reuniões intermináveis nas grandes multinacionais para decidir o nome de um novo produto. Agências de publicidade são convocadas, milhões de brainstorms são realizados, pesquisadores vão analisar a reação do público… Não deve ter sido assim com essa marca de pregador de roupa. A escolha do nome parece ter sido bem simples!

pregador

Visite o site do “Guia dos Curiosos” para conhecer a história de marcas famosas.

Autor: - Categoria(s): Humor Tags:
23/02/2010 - 17:04

O chaveiro que grita e urra

Compartilhe: Twitter

Este é mais um produto da série “não falta inventar mais nada”. Ao pressionar o botão vermelho do centro, o chaveiro-orgasmo começa reproduzindo sussuros, que depois vão crescendo, crescendo e se transformam em gritos e urros. O orgasmo, em questão, é feminino. Qual será a utilidade do aparelhinho? Deixar o vizinho com inveja?!?

DSC09233

Autor: - Categoria(s): Bizarro, Humor, Sexo Tags: , ,
22/02/2010 - 23:48

Por onde anda Magda Cotrofe?

Compartilhe: Twitter

Capa da “Playboy” por três vezes (maio de 1985, dezembro de 1986 e outubro de 1987), Magda Cotrofe surgiu como sucessora da modelo Luiza Brunet. Rapidamente conseguiu um espaço na televisão e começou a aparecer em um quadro do humorístico “Viva o Gordo”, estrelado por Jô Soares. O bordão de Liliane, personagem interpretada por Magda, foi repetido recentemente por Xuxa: “É o meu jeitinho”.

playboy

Na imagem acima, em sentido horário: Luiza Brunet na Playboy em maio de 1986; Magda na Playboy em maio de 1985, dezembro de 1986 e outubro de 1987 (vestida de noiva).

Mas o que Magda Cotrofe anda fazendo hoje em dia? Quem descobriu o paradeiro dela foi Marco Bezzi, na edição de domingo do ” Jornal da Tarde”. Uma das ocupações da atriz, atualmente, é o blog em que guarda imagens e textos sobre sua carreira. É possível encontrar ali fotos de Magda com os mais diversos personagens, como Ayrton Senna e Pelé.

senna

pele

A atriz atuou há pouco em uma peça de teatro, “O Fruto Proibido”, com a qual excursionou por cidades do interior fluminense. Além de atuar, Magda também trabalhou como produtora. Desde o ano passado, ela tem se aventurado como designer de jóias e pretende abrir uma loja de sua marca própria, a MC Cotrofe.

Moda nos anos 80, o fio-dental não faz mais parte do guarda-roupa de Magda. Mesmo assim, quando perguntada se posaria nua novamente, a atriz é enfática: “Com certeza, quem já posou três vezes não tem mais o que esconder”.

Aos 44 anos, Magda é ainda 13 anos mais jovem que a mulher mais velha que posou para a “Playboy” brasileira: Helô Pinheiro, aos 57 (ao lado da filha Ticiane, na época com 27). “Na minha época, quando eu posava, não tinha esse negócio de photoshop”, afirma Magda, recém-separada e mãe de dois filhos (uma moça de 20 e um rapaz de 16 anos). “Hoje em dia qualquer um posa!”.

Você conhece o Rei da Playboy? Então confira esse post do Blog do Curioso e fique por dentro.

Autor: - Categoria(s): Baú, Celebridades Tags: , , , ,
21/02/2010 - 15:44

O dia em que o Coyote capturou o Papa-Léguas

Compartilhe: Twitter

Existem dois tipos de corrida que não levam a lugar nenhum. O primeiro é a corrida em bicicleta ergométrica. Você pedala, pedala e continua no mesmo lugar. O outro é a  implacável caçada do  Coyote atrás do Papa-Léguas nos desenhos animados. Se bem que, depois de algum tempo, os telespectadores podem estar um pouco cansados da interminável corrida. Por isso, mostro aqui dois finais possíveis para a obsessão de Wile E. Coyote — que no Brasil virou “Coiote Coió”.

coyote-05

Algum fanático pelo Coyote — ou simplesmente alguém que odeia o Papa-Léguas — colocou no YouTube um final nada amigável para a ave. Finalmente, depois de longos anos de busca, uma das armadilhas do caçador dá certo e ele consegue capturar sua presa. Chega a hora da tão esperada refeição. Se você tiver estômago fraco, não assista às cenas a seguir.


Já o escritor Ian Frazier imaginou um outro final  para o Coyote. Publicado na revista “New Yorker” em fevereiro de 1990, um texto do autor simula um processo de indenização do personagem contra  a empresa fictícia Acme. Cansado de tanto apanhar ao tentar capturar sua presa, Coyote decide pôr a culpa na indefectível Acme.

“Meu cliente, o sr. Wile E. Coyote, residente no Arizona e estados contíguos, vem por meio desta propor ação indenizatória para reparação de perdas e danos contra a Acme Company, fabricante e distribuidora no varejo de mercadorias variadas, fundada no Delaware e ativa em todos estados, distritos e territórios dos Estados Unidos da América.” É assim que começa o processo de Coyote contra a Acme — que tem tudo para terminar mal, uma vez que o personagem é mesmo lesado pela companhia.

Caso você queira conferir a íntegra do texto (em inglês), clique aqui.

Autor: - Categoria(s): Humor Tags: , , ,
20/02/2010 - 14:51

Que horas são em Katmandu?

Compartilhe: Twitter

Termina daqui a pouco, à meia-noite, o horário de verão. Todos gostam, pois o dia fica mais longo. O colaborador César Monteiro falou sobre isso no “Você é Curioso?” de hoje:

De onde veio os fusos horários? As zonas horárias ou fusos horários são cada uma das vinte e quatro áreas em que se divide a Terra e que seguem a mesma definição de tempo. O termo fuso refere-se a uma velha peça de relógio onde se enrolava a corda. Já por volta de 1300, usavam-se o tempo solar aparente, de forma que a hora do meio do dia se diferenciava de uma cidade para outra. Os fusos horários corrigiram em parte o problema ao colocar os relógios de cada região no mesmo tempo solar médio. As formas dos fusos horários podem ser bastante irregulares devido às fronteiras nacionais dos vários países ou devido a questões políticas. Na Venezuela, adota-se um fuso de meia hora, enquanto na China, um país enorme, que poderia abranger quatro fusos horários, todos precisam usar o horário de Pequim. O site curioso de hoje é o 24timezones.com.  Nesse site eu descobri que existem cidades como Katmandu, no Nepal, que adotam horários quebrados em 3/4 de hora.  Aí sim que dá confusão.

Para ler mais sobre o Horário de Verão, entre na página de “O Guia dos Curiosos”. Clique aqui.

Autor: - Categoria(s): Cotidiano, Sites curiosos, Você é curioso Tags: , ,
19/02/2010 - 21:53

O refrigerante japonês sabor feijão

Compartilhe: Twitter

Eu e o Sérgio Costa, ouvinte do “Você é Curioso?”, temos algo em comum: colecionamos garrafas de Coca-Cola. Mas a razão desse post é justamente a sua principal concorrente: a Pepsi. O Sérgio enviou ao programa uma Pepsi Azuki (azuki é um tipo de feijão), que será degustada amanhã. O refrigerante foi enviado diretamente do Japão por um amigo dele chamado Júlio Haji. Obrigado aos dois! Vamos fazer a degustação bem no comecinho do programa, às 10 horas. Vale lembrar que já degustamos, há três anos, uma Pepsi sabor pepino.

DSC09228

Amanhã, sábado, “Você é Curioso?”, das 10h às 12h, na Rádio Bandeirantes.

Autor: - Categoria(s): Comes e bebes, Você é curioso Tags:
18/02/2010 - 19:58

Catarina quer chorar. Ela tem um gatinho!

Compartilhe: Twitter

À primeira vista, o caso de Catarina Mattar poderia ser um simples erro de programação. Cliente da operadora de telefonia TIM, a carioca começou a receber contas com um nome esquisito. Suas contas passaram a vir endereçadas para: “Catarina Quer Chorar Ela Tem Um Gatinho”. Você não leu errado, é isso mesmo: “Catarina Quer Chorar Ela Tem Um Gatinho”.

Com um problema em relação aos serviços prestados pela TIM, Catarina ligou diversas vezes à operadora, procurando uma solução. Foram tantas as reclamações, que, em uma das vezes, a cliente não aguentou e caiu no choro. Argumentou ainda que, por morar sozinha — apenas com seu gato —, não podia perder tempo com as ligações. Daí para frente, Catarina Elias Jacob Mattar virou “Catarina Quer Chorar Ela Tem Um Gatinho”. Uma brincadeira do atendente mudou todo o cadastro da consumidora.

José Carlos Paes, desembargador do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro, deu ganho de causa a Catarina, que deverá receber uma indenização de 12 mil reais por danos morais.

angry_wet_cat

Já o problema de outro consumidor foi com uma loja de eletrodomésticos. Ele comprou uma televisão a prazo mas, ao chegar em casa, percebeu que o aparelho estava com defeito. Não conseguiu trocar, entrou na Justiça, e ganhou a causa.

O juiz Cláudio Ferreira Rodrigues, autor da sentença a favor do consumidor, justificou por que tomou sua decisão da seguinte maneira: “Sem ele [o aparelho de TV], como o autor poderia assistir às gostosas do Big Brother, ou o Jornal Nacional, ou um jogo do Americano x Macaé, ou principalmente o jogo do Flamengo, do qual o autor se declarou torcedor?”. Dias depois, o próprio juiz se declarou torcedor rubro-negro.

Outro juiz do Rio de Janeiro também usou palavras pouco ortodoxas para proferir sua sentença. Paulo Mello Feijó se referiu a uma das partes de um processo como “solene corno”. O corno, no caso, era um policial federal que fora traído pela mulher e ameaçou o amante dela.

Dias depois, o próprio amante foi à corregedoria da PF e pediu a abertura de uma investigação contra o “solene corno”. O marido, irritado com a exposição do caso, entrou com o processo na Justiça, mas acabou derrotado.

E quando não são as sentenças que são bizarras, e sim as leis? Confira um livro que reúne as leis mais esdrúxulas de todo o mundo.

Autor: - Categoria(s): Bizarro, Brasil Tags: , , , , , ,
Voltar ao topo