Publicidade

Publicidade
27/10/2009 - 16:38

Quem inventou o mito da "loira burra"?

Compartilhe: Twitter

Paris Hilton declarou: “Não sou uma loira burra”. A eterna patricinha americana parece ter se cansado dos comentários maldosos sobre sua vida. “Aquilo é uma personagem”, disse. “Tenho os pés no chão, sou esperta e sei tudo o que está acontecendo.”

080327dunphParis-e4b680f3-104f-4698-8409-c1b992dff6e9

Herdeira da rede de hotéis Hilton, Paris nasceu em 17 de fevereiro de 1981. Ela ficou famosa depois de participar do reality show “Simple Life”, que mostrava suas peripécias no campo ao lado da então melhor amiga Nicole Ritchie.  Outro empurrãozinho em sua carreira foi dado por um vídeo amador de sexo protagonizado por Paris e seu então namorado, Rick Salomon. Filmado em visão noturna e em baixa resolução, a produção caiu na Internet e recebeu o nome de “Uma noite em Paris”.

mm2

Mas a pergunta é: quem inventou esse mito da “loira burra”? Ele começou a se formar no início do século XX, quando se associou a imagem de oportunistas às garotas (frequentemente loiras e atraentes) que tentavam a sorte no showbizz norte-americano.

A “loira burra original” foi Lorelei Lee, protagonista do livro “Gentlemen Prefer Blondes” (“Os homens preferem as loiras”), escrito por Anita Loos em 1925. A adaptação para a Broadway, encarnada por Carol Channing, e depois para o cinema , com Marilyn Monroe, ajudaram a sedimentar a oposição “loira burra” x morena inteligente” no imaginário popular.  Tanto que, na literatura, a sequência de “Os homens preferem as loiras” foi justamente “Mas os cavalheiros casam-se com as morenas”, de 1927.

AnitaLoos2

Anita Loos nasceu em 26 de abril de 1888, em Sisson, Califórnia, Estados Unidos. “Os homens preferem as loiras” começou como uma piada de Anita (que era morena) a respeito da irremediável queda de um amigo por garotas oxigenadas. A história acabou sendo publicada na revista “Harper’s Bazar” e, depois, copilada no livro. Escritora, roteirista e atriz, Anita morreu em Nova York, aos 83 anos, em 18 de agosto de 1981.

Agora, veja só: Marilyn Monroe, o ícone da beleza loira, era, ironicamente, morena. Ela começou a oxigenar os cabelos ainda no início da carreira, quando percebeu que garotas loiras eram mais procuradas por produtores durante as escalações de elenco. Mesmo com a  fama, Marilyn nunca conseguiu se livrar do estereótipo. A atriz morreu em 5 de agosto de 1962, aos 36 anos. Um dos mitos atribuídos a ela diz que Marilyn tinha o hábito de oxigenar também os pelos pubianos. “Se é para ser loira em cima, também é preciso ser loira embaixo”.

Autor: - Categoria(s): Celebridades Tags: , , , , , , , , , ,

Ver todas as notas

15 comentários para “Quem inventou o mito da "loira burra"?”

  1. Maria disse:

    de loira burra a loira gelada, branquela azeda e coisas menos nobres de serem escritas, o fato é que toda e qualquer minoria chama a atenção e sofre preconceito. inclusive no nosso país, onde há a errônea idéia de que preconceito é via de uma só mão, o que é uma tremenda inverdade. se todas as loiras verdadeiras listarem os desaforos que escutam, teria gente que cairia das pernas de susto.

  2. JMFernandes disse:

    Burras são as pessoas que têm esse preconceito, não as loiras … principalmente no Brasil onde a maioria das loiras são filhas de pai loiro e mãe morena ou vice-versa … o que é terrivel, são mulheres com cabelo loiro palha de sueca e sobrancelhas escuras … ou longos cabelos loiros e dois dedos de raiz escura … o resto só se vê entre quatro paredes.
    Mas, afinal de onde vem a burrice ? Do cabeleireiro que pinta o cabelo delas ?

  3. GIROTTO disse:

    mas na verdade, voce consegue ver intrevistas, feitas na TV com loiras, se não são, parecem burras ou se fazem, falam muitas besteiras, voce não consegue ver um dialogo serio, a maioria das mulheres que aparecem em shows de TV ou estão semi-nuas ou vão ficar no decorrer dos shows estão sempre falando de namorados, a nossa querida e linda MASSA FERA, e belissima consegui descobri que ela fazia filmes pornô antes da fama.

    • Kika disse:

      “Intrevista”, “consegui”, “descobri”… apenas alguns errinhos… seguindo seu raciocinio, o Sr é loiro???
      kkkkkkkkkkkkk

    • JMFernandes disse:

      Kika, estou contigo ! Como o português é assassinado neste país … e não é só na Internet, na TV, no rádio e até nos jornais (o que é pior ainda).

  4. marcia aparecida andrade disse:

    Por falar em loira burra, gente, que vergonha esta de sao paulo, onde um bando de estudantes sem ter o que fazer aprontam uma baderna por causa de uma garota loira que foi à aula de saia curta! mostra o quanto sao paulo é atrasada, uma provincia que pensa que é grande, um terreito de conservadores e reacionarios da pior especie. nao sou vulgar, nao gosto da chamada boazuda brasileira, que fica se mostrando, mas dai a criar um pandemônio, é coisa mesmo de caipira metido à metropole! ô corja! certo tava o Tede Silva, quando dizia que Sao Paulo é tumulo do rock! mas nao é so do rock nao,é o tumulo da dignidade, do talento, da inteligência! cruzes! sai fora, demônio ruim!

  5. Neusa disse:

    Olha como sou a classe de mulheres negras chamadas de mulatas devido ao tom da pele, acho que o q. agride a inteligência é as tinturas e água oxigenada usada p/aquelas q. se subjugam ao gosto de outros ou da moda. Contra essas as legalmente loiras deveriam pedir indenizações por danos morais. Já àquelas que o fazem por
    acharem que ficam com melhor aparência, ou seja: satisfazer um gosto pessoal, tudo bem. Eu mesmo me sinto melhor com meus cabelos alizados, e o faço sem culpa

  6. Barbara disse:

    Oxigenada ou não , todas nós temos o direito de pintar , cortar , alisar , encaracolar , até raspar os cabelos se fosse da vontade de alguma de nós . Algumas mulheres que aqui comentaram tem um preconceito visivel sobre as loiras naturais ou/e as oxigenadas . CADA UM COM SEU CADA QUAL, O IMPORTANTE É SE SENTIR FELIZ, E SE NAO FOR DO JEITO QUE VEIO AO MUNDO, ENTAO QUE PINTEM MESMO SE ASSIM SE SENTIR MELHOR ! Viva à mulher brasileira !!!!!! Obrigado . ps. sou morena, não estou tomando dores *

  7. Rodney disse:

    Sera coincidencia ou nao…vejo que a pele branca com o passar do tempo vai se envelhecendo bem mais rapido do que a pele morena…..(rugas…varizes….etc.etc)…..Mas as mulheres sendo loira ou morena….tem sua beleza indiscutivel…..Eu Nao tenho preferencia de cor…….E sou moreno…..

  8. Josi Santos disse:

    Existe sim mulheres burras, e isso não quer dizer especificamente as loiras. Mas em termos de vingança, eu que o diga; nós mulheres nus superamos.
    Quanto as loiras, as outras que me desculpem, mais nós loiras somos bem mais assediadas, chamamos a atenção por onde passamos e por isso transamos mais.

    • JMFernandes disse:

      Essa é uma questão meramente geográfica. Nunca vá para a Noruega, a Dinamarca, a Islandia, a Suécia, a Finlandia … lá você será mais uma. A beleza da mulher depende de muitos fatores além da cor do cabelo.

      – Lady Diana era loira e inteligente, não era bonita mas tinha uma classe, um charme, uma simpatia e uma elegancia que fizeram dela um ícone até hoje.

      – Jacqueline Kennedy era morena e inteligente, não era bonita mas tinha todas as qualidades da Lady Diana e tal como ela, tornou-se um ícone.

      – Hoje temos Michelle Obama e Carla Bruni Sarkozy, uma não tem nada a ver com a outra, mas ambas são inteligentes e têm todas as qualidades que fazem de uma mulher um ícone.

  9. analuiza rabbers disse:

    tem pessoas que sao sim burras e claro que as loiras.Elas tb se acham om seus cabelos mas nao sao de nada por isso eu digo:voces loiras sao sim burras!

    • jose disse:

      ana luiza senti uma inveja de sua parte
      vc e mais burra que as loira só pelo fato de sua egnorançia
      com preconceito
      que diferença faz a cor do cabelo
      o que vc vc ser burro
      e ser egnorante
      e generaliza a situaçao
      pessoa tem que se senti bem
      ana já sei vc tento muda cor do cabelo
      e nao fico bem ai se fico com inveja né
      kkkkk
      adoro loira, morena ou melhor adoro mulher….

  10. analuiza rabbers disse:

    jose nao é questao de preconceito ou nao
    nunca pintei meu cabelo por isso sou super natural tb sou super sincera diferente de muita loira por ai obrigada pela combreençao bjinhos te adorei

    • jose disse:

      ana querida o que faz as pessoa ser sincera nao e cor do cabelo..
      e sim o carater
      não por vc ter o cabelo natural que vai ser sicera
      conheço muita loira que e sicera assim como as morena
      intaum
      vamos ser mais humano e para de descrimina as pessoa
      nao importa se loira gorda gay
      morena ruiva negra
      essa caractistica nao fazem um ser mais burro ou feio
      nao importa a forma que vc é o importante e se senti bem
      do geito que acha melhor
      … fala por mim… minha mae e profe de matematica e ela e loira

      tenho amiga loira natural o tiginda que trabalham comigo e sao muito competente e inteligente
      e faz uma grande diferença na empresa
      não por elas serem loira
      mais por seres mulheres
      e copetente
      o mais burro e aquele que olha pro lodo e chama outro de burro sem ao menos conheçelo
      não julgue pela aparencia
      pois nem sempre o que aparenta ser
      eo que e realmente de verdade
      bjusss
      amo essas mulheredaaaaa
      kkkkkkk

Os comentários do texto estão encerrados.

Voltar ao topo