Publicidade

Publicidade
21/10/2009 - 12:34

A evolução da calcinha de 1800 aos dias de hoje

Compartilhe: Twitter

De volta ao Brasil, vou publicar aqui no blog algumas coisas engraçadas que vi nas minhas andanças por Frankfurt, na Alemanha, e por Lisboa, capital portuguesa. Começo com um cartão postal que comprei na cidade alemã, que mostra, de um jeito divertido, a evolução (será essa a palavra correta?) da calcinha.

PositiveAuswirkungen

Até o início do século XIX, a roupa de baixo era apenas um camisão largo e algum tipo de calção. Feita para não ser vista por ninguém a não ser o usuário, a peça de baixo tinha pouca importância. A única exceção foi durante o período em que a cintura e o busto da mulher eram apertados e aumentados. O corpete acabou sendo criado para dar o tal efeito aerodinâmico.

Os historiadores da moda registram uma grande mudança nas roupas de baixo por volta de 1830. Elas tornaram-se mais pesadas, mais compridas, e praticamente obrigatórias. Não usar roupa de baixo significava falta de asseio. Os médicos também alertavam sobre os perigos de ficar com o “corpo resfriado”. As roupas de baixo então eram brancas, normalmente engomadas, e feitas de cambraia branca, de chita grossa ou flanela. Em 1860, as roupas de baixo das mulheres começaram a ganhar sensualidade e, vinte anos depois, a seda conquistou seu espaço. Mas foi por volta dos anos 1950 que elas foram diminuindo de tamanho.

No livro “O Guia dos Curiosos – Invenções”, você pode ler muitas outras histórias como essa.

Autor: - Categoria(s): Humor, Invenções, moda, Viagem Tags: , , , , ,

Ver todas as notas

65 comentários para “A evolução da calcinha de 1800 aos dias de hoje”

  1. Mariana Moura disse:

    Quantos comentários esdrúxulos, sem nenhum sentido. A moda (inclusive as roupas intímas), seguem as tendências da época, momento histórico, padrão cultural e social. Portanto, no século XIX o padrão cultural era muito diferente de hoje, com enormes tabús em relação ao sexo. Por esse motivo a mulher tinha que cobrir com muita roupa o seu corpo. Não havia liberdade para expressar a beleza íntima da mulher. Com a revolução cultural e sexual dos anos 60, com algumas ações feitas por um grupo de mulheres na França, que queimaram seus soutiens em praça pública, e posteriormente aqui no Brasil, na década de 70 , quando a atriz Leila Diniz tirou foto grávida, vestida de biquini, o corpo passou a ser algo considerado belo e digno de roupas íntimas que o tornasse sensual.
    Dessa forma, começa a se desenvolver um estilo de roupas íntimas que torna a mulher mais feminina e sensual, quebrando os tabús existentes no passado.

    • JMFernandes disse:

      Você escreve bem, é uma pessoa articulada, acima da média ! Assim, vou lhe fazer uma provocação :

      – As calcinhas foram sendo reduzidas, porque as mulheres começaram a se depilar cada vez mais ?

      ou

      – As mulheres chegaram à depilação total porque as calcinhas chegaram ao formato “fio dental” ?

  2. Deise Lenfers disse:

    Eu achei bem legal, porque realmente é bem dificil pras pessoas pararem pra se perguntar como surgiu a calcinha??Né?

  3. Roberto Fonseca disse:

    O que dá sensualidade na mulher é a calcinha. Sem ela, a coisa perde o sentido, pois o prazer do verdadeiro homem é quando a mulher não se mostra em seu total, até o momento do ato sexual em si. Se uma mulher se despir de chofre a frente de um homem, a curiosidade do homem passa e o restante fica um pouco sem brilho.
    RF

  4. João disse:

    Adoro as mulheres, vivo para elas.
    Me encantam, é o ar que respiro
    Sua beleza me encanta, me fascina
    Uma bela mulher é um presente
    Quero a todas, todas do mundo
    Quero viver colado em seus braços
    Tirando suas calcinhas com amor
    Todo o amor que exista nesta terra
    É pouco, para este grande momento
    Que viverei para nunca esquecer
    Te amo, te amo, te amo, te amo…..

  5. Flor disse:

    acho q uma mulher sem calsinha não é nada.

  6. A TENDENCIA DESSE JEITO É A CALCINHA ACABAR…SER EXTINTA… BOOMMM…

  7. LUIZ FERNANDO RAMOS DA SILVA disse:

    Viva a calcinha! Abaixo a calcinha! Calcinha boa é a calcinha fora!

  8. eduardo disse:

    que beleza hein!! quanta informacao importante!!! e tem gente que ainda responde fazendo comentarios sorbe historia da calcinha achando absurdo!!!

    -ora bolas, como que pode isso?? nao é isso nao..a historia é esta outra aqui óh

    hahahah desculpa povo, mas nao pude resistir ao comentario. Isso é uma futilidade sem igual

  9. Gil. disse:

    Gostei de saber dessa pesquisa ,calcinha também é muito importante para as mulheres assim como para os homens!
    Tenho uma importante descoberta também,uma coleção de fotos sobre D.Pedro II e Família .Veja no YouTube: Família Imperial1 e Fotos Maravilhosas, Jesus ama vc!

  10. j ricardo disse:

    seria mais economico só tapa sexo q acha?

  11. Marcos S T disse:

    Na realidade, a imagem em questão é apenas uma bricadeira, lógico que com informações reais, mas sobre o aquecimento global !!! Não era pra ser um relato histórico da calcinha, como é a intenção da reportagem, mas sim apenas de fazer uma brincadeira mesmo!!! Ela prova através do tamanho das calcinhas (rsrsrs), ano após ano, que o aquecimento global existe sim!!! – Ao contrário do que acreditam os americanos relatados em outra reportagem do próprio IG hoje!!!

    Abraços!

  12. Myranda disse:

    Engraçado!!!
    Tem uma rede de lojas aqui que usa o primeiro modelo de calcinha como… Farda!
    Adorei a matéria!!!

  13. Bia disse:

    Lembro que em 2007 mesmo, minha mãe recebeu um e-mail com essa imagem, rimos demaaais! Mas isso é fato, a calcinha só tem diminuído de tamanho com o passar dos anos, e não por causa do aquecimento global… isso não tem nada a ver. Mas, sim, por questões de cultura, sociedade e, principalmente, momento histórico, como a Mariana Moura falou. E pra quem acha que com tanta diminuição a calcinha vai acabar sendo extinta, eu garanto que não. Já diminui tudo que tinha pra diminuir, mais que isso é impossível. É como uma amiga minha sempre fala: “Mulher pode até viver sem homem, mas nunca sem calcinha”.

  14. Fernandes disse:

    Para quem gosta de curiosidades lusitanas, saiba que Calcinha em Portugal é chamada de Cueca Feminina … a turma adora essas coisas !
    Para aumentar a cultura inutil e por associação, saiba que aquela toalha menorzinha que ficava pendurada ao lado do bidé é chamada (por quem usa …) de Toalha de Rabo.

  15. JMFernandes disse:

    Esse aí sou eu … espero não precisar de alterar o nome nunca mais.

  16. Julie Maria disse:

    “…o corpo passou a ser algo considerado belo e digno de roupas íntimas que o tornasse sensual”.

    Não, esta não é a realidade. A realidade é que o corpo humano *deixou* de ser digno e belo justamente ao se tornar “objeto de consumo” como qualquer outra mercadoria.

    Uma pena que você não consiga ver isso…

    O belo é para ser “velado” justamente porque merece ser “mostrado” apenas para aquele que irá saber valorizar a tal ponto a sua intimidade espiritual e corporal que saberá que você não é “um objeto” e sim uma pessoa para amar e ser amada. Em última instância, isso só se dá no casamento sacramentado!

    A infelicidade da mulher -apesar de andar nua na rua pela “moda” atual – só aumenta…. e isso não sou eu quem digo, mas as pesquisas!

    http://revistaepoca.globo.com/Revista/Epoca/0,,EMI98917-15228-1,00-A+QUEDA+DA+SATISFACAO+FEMININA.html

    http://revistaepoca.globo.com/Revista/Epoca/0,,EMI98917-15228-2,00-A+QUEDA+DA+SATISFACAO+FEMININA.html

    Paz

    Julie Maria

  17. Jayme Ramos disse:

    Marcelo, parabéns e muitas felicidades e que os seus sonhos
    continuem a se concretizar, neste seu aniversário.
    Saúde e muito sucesso, você é , como diz o Obama, ” o cara”,
    ouço o seu programa todos os sábados e todas as noites e sempre que possível, porque não consigo decorar os horários, o da tv. Felicidades, Jayme Antonio Ramos.

  18. Jayme Ramos disse:

    Ah! ia esquecendo, neste mesmo dia em 1300 e lá vai pedrada,nasceu o Rei Dom Duarte I de Portugal, meu segundo país, o primeiro é o Brasil.

  19. andressa* __* disse:

    aff… é legal mais estranho*__*

Os comentários do texto estão encerrados.

Voltar ao topo