Publicidade

Publicidade
17/10/2009 - 19:39

Você é jovem, velho ou dinossauro?

Compartilhe: Twitter

Responda rápido: você é jovem, velho ou dinossauro? Essa deliciosa brincadeira me acompanhou no voo de volta de Frankfurt para Lisboa. “Você é jovem, velho ou dinossauro?”, de Ignácio de Loyola Brandão, é o título do livro que escolhi para ler na volta. Ele me foi enviado pelo Guilherme, da Editora Global, pouco antes da viagem.

21603080_4

O divertidíssimo livro é a minha cara. Resgata com muito bom-humor a tradição da “cultura inútil” dos almanaques, ao mesmo tempo em que convida o leitor a relembrar os bons tempos que não voltam mais. Separei algumas perguntas do livro “Você é jovem, velho ou dinossauro?” O subtítulo dá uma ideia de como funciona a brincadeira: “Testes para saber se sua memória é uma coisa, mas suas lembranças podem ser outras, mostrando que você é mais jovem, mas também pode ser mais velho do que imagina”.

Responda mais rápido ainda: você colecionava álbuns de figurinhas de futebol?

Sua família fazia o “virado” para a viagem?

Sua irmã usava “pó de arroz” em vez de “pó compacto”?

Você lembra bem da chegada do fax?

Você colocava palha de aço na antena para melhorar o sinal da TV?

Você era fã do Chacrinha?

Brincava de ioiô, batalha naval, forca e passa anel?

E você? Tem alguma lembrança que responde à pergunta do livro?

Autor: - Categoria(s): livros Tags: , ,

Ver todas as notas

137 comentários para “Você é jovem, velho ou dinossauro?”

  1. DENISE SANTOS disse:

    Gostei muito do programa de sabado passado 24/10 com o Inacio de Loyola Brandão sobre as lembranças. Nossa estava no carro ouvindo o programa e viajei lembrando de algumas coisas que hoje nao existem mais. Lembran-se do Lanche Mirabel / do refrigerante Cerejinha / dos chocolates: Lingote, crocante, Ki-bamba, do formato do Diamante Negro do Laka? e do calçado Conga , da embalagem dos chicletes Ping-pong toda listradinha. Nossa quanta saudade. Tenho 49 anos Sou de São Bernardo.

  2. […] aí tinha um anel brucutu? Cuidado para não denunciar se você é jovem, velho ou dinossauro na […]

  3. Arno disse:

    Bem, não sei se foi essa a intenção, mas, as peçinhas mostradas ao lado do 1º fusca, elas não tem nada haver com o anel de brucutu.
    Eu tive um e também até, na época surrupiei um deles para fazer um anel.
    Essas peças daí, pra mim, uma é a base de antena telescópica e a outra é a maçaneta do quebra-vento, só não sei se é de fusca.
    Bons tempos aqueles….

Os comentários do texto estão encerrados.

Voltar ao topo