Publicidade

Publicidade

Arquivo de outubro, 2009

31/10/2009 - 16:49

Quem usava o anel brucutu?

Compartilhe: Twitter

Quem aí tinha um anel brucutu? Cuidado para não denunciar se você é jovem, velho ou dinossauro na resposta. Esse foi mais um tema que gerou muitos comentários no “Você é Curioso?”.

roberto_carlos_dodge

O “anel brucutu” foi uma febre criada pela Jovem Guarda. Inspirados por Roberto e Erasmo Carlos, os rapazes achavam o máximo usar um anel enfeitado com o tal brucutu. “Brucutu” era uma pecinha do Fusca responsável por esguichar água no para-brisa do carro, com o autoexplicativo nome técnico de “bico ejetor de água para o para-brisas”.

brucutu2

O apelido veio de uma música homônima de Roberto Carlos, lançada no álbum “Roberto Carlos canta para a juventude” (1965). Clique na fitinha k-7 pra ouvir!


MusicPlaylistRingtones
Music Playlist at MixPod.com

A moda de roubar o brucutu para fazer anel ganhou tanta força que era difícil encontrar um Fusca intacto. Afinal, valia tudo para conquistar aqueles brotos, mora?

Autor: - Categoria(s): Baú, Música Tags: , , ,
31/10/2009 - 16:46

Pepsi e Fanta em versões japonesas

Compartilhe: Twitter

A Andreia mandou do Japão mais sabores curiosos de refrigerantes para a nossa coleção!

Fanta Cider

Ela conta que a Fanta Cider tem um gosto parecido com o do Sprite. As prateleiras dos supermercados japoneses também têm Fanta sabor cassis, que faz parte da coleção Fanta Mundo. A cassis é o sabor da Nova Zelândia.

Fanta World Cassis.

Essa bebida verde aí embaixo é a Pepsi sabor “shiso”, que Andreia relata como “salgado e muito estranho”. Ela só conseguiu tomar dois golinhos!

Pepsi Shiso

Já a Pepsi Azuki (feijão azuki) ela nem chegou a experimentar. Será que foi trauma? Bem, vou ficar torcendo para a Andreia encontrar alguém que esteja vindo para o Brasil para ver se ela me manda essas preciosidades.

Pepsi Azuki

Autor: - Categoria(s): Comes e bebes Tags: , , , , ,
31/10/2009 - 16:41

Fantasias para curtir o Halloween

Compartilhe: Twitter

Para quem ainda não providenciou uma fantasia para o Halloween, o site Horror Dome tem algumas dicas incrivelmente assustadoras. O catálogo tem desde máscaras de caveira e múmia (US$ 29,00). Veja algumas peças que eu selecionei:

CryptSkullMaskLG

MummyBCLG

Até roupas de corpo inteiro, cuja característica mais assustadora é o preço: 299 dólares, cerca de 518 reais!

MeatHeadCostumeLG

WarestheClownLG

PossessedWebLarge

A loja criou até mesmo um vídeo para divulgar a elaborada fantasia de zumbi. Confira só:

Autor: - Categoria(s): Bizarro Tags: , , ,
30/10/2009 - 16:36

O único "fino que satisfaz" e outros slogans antigos

Compartilhe: Twitter

Você lembra quem era o “fino que satisfaz”? No “Você é Curioso?” de sábado passado (24/10), o escritor Ignácio de Loyola Brandão me fez esta pergunta, que está em  seu livro “Você é Jovem, Velho ou Dinossauro?”.

chanceller

O rosto (e as mãos) que promoviam o cigarro Chanceler eram de Pedrinho Aguinaga. Símbolo sexual na década de 1970, Pedrinho estrelou também o filme “Rio Babilônia” (1982), dirigido por Neville de Almeida. “Extremamente fino, extremamente gostoso” anunciavam os cigarros Chanceler.

Durante a entrevista, foi  a maior curtição  lembrar de outros slogans inesquecíveis:

Quando chegava perto do Natal, as crianças começavam logo a campanha “Pai, não esquece da minha Caloi!”. Afinal, a bicicleta Caloi era “um presente que ninguém queria esquecer”

adoniran

“Nós viemos aqui para beber ou para conversar?” era a frase que fechava o comercial da cerveja Antártica, estrelado pelo sambista paulistano Adoniran Barbosa. O bordão do músico, que andava meio no ostracismo, fez muito sucesso no início dos anos 70 e até hoje é lembrado por apreciadores de cerveja.

baixinho-kaiser-2-1987

A marca Kaiser se tornou “uma grande cerveja” em 1987, sempre acompanhada pelo ator espanhol José Valien, eternizado como “o baixinho da Kaiser”. José desembarcou no Brasil em 1954, aos 6 anos. Antes de trabalhar com publicidade, foi frentista, decorador de porcelana e motorista. Graças ao volante de uma kombi azul, começou a participar de comerciais: “Eu tinha uma Kombi, daquelas abertas atrás, que era conhecida como cabrita, na cor azul. Então um produtor de cinema me contratou para fazer figuração como motorista, em um comercial da Walita, só por causa da minha Kombi.” E a famosa boina do “baixinho”? Também foi acidental. Ela foi a solução encontrada para driblar a luz, que refletia muito na cabeça de José durante as filmagens.

bombril

O que tem mil e uma utilidades? É o Bombril, que acabou se transformando em sinônimo obrigatório para “palha de aço”.

A estratégia do xampu anti-caspa Denorex era simples: resolvia o problema igual remédio, mas não era. Aí nasceu o slogan: “Denorex – parece mas não é.”

Você quer participar da brincadeira? Então, escreva outros que se lembrar!

Autor: - Categoria(s): Baú, Cotidiano Tags: , , , , , , , , , , , , ,
29/10/2009 - 16:22

Você já sonhou com este homem?

Compartilhe: Twitter

Preste bastante atenção no retrato do homem abaixo:

thisman

Agora responda: você já sonhou com este homem? Caso a resposta seja afirmativa, saiba que você não é o único. Pelo menos é o que dizem os participantes do site “This Man”, dedicado a reunir e divulgar relatos de “milhares de pessoas ao redor do mundo” que sonham “todas as noites” com o misterioso homem do retrato, sem nunca tê-lo conhecido ao vivo.

Como toda lenda urbana que se preze, a história começa com um enigmático episódio de uma mulher em um hospital psiquiátrico de Nova York. Ela confidencia ao psicólogo um estranho sonho que teve com um homem que nunca conheceu, mas não é levada a sério. Dias depois, outro paciente reconhece o mesmo homem no retrato desenhado pela primeira sonhadora. Ele também garante ter sonhado com a figura.

sao

O psicólogo fica intrigado e conta o caso para outros colegas de profissão. Os relatos a respeito de sonhos com “esse homem” só aumentam. O site afirma que ” pelo menos 2 mil pessoas já declararam ter visto esse homem em seus sonhos, em diversas cidades ao redor do mundo: Los Angeles, Berlim, São Paulo, Teerã, Pequim, Roma, Barcelona, Estocolmo, Paris, Nova Déli, Moscou, etc.”

Alguns relatos:

“Eu sonhei que esse homem estava no meu espelho, olhando para mim sem dizer nada, usando óculos. Ele nunca se moveu durante todo o tempo em que olhou para mim. Ele era como uma estátua, tão imóvel.”

“Eu sonhei com esse homem. No sonho, ele era brasileiro e muito bonito. Ele parecia um professor e tinha 6 dedos na mão direita. Ele disse que, caso ocorra um desastre nuclear nos Estados Unidos, eu devo ir para o Norte”

Outros relatos de sonhos com “esse homem” envolvem relacionamentos românticos, estranhos vôos pela cidade e outras situações bizarras.

A história parece ser  um viral muito bem elaborado ou mais uma daquelas lendas que se espalham pela Internet. Ah, sim, o site vende camisetas, canecas e outros objetos com a imagem misteriosa. De qualquer maneira, é tudo bem intrigante. Em todo caso, fica a pergunta: você já sonhou com esse homem?

Autor: - Categoria(s): Bizarro Tags: , , , , , ,
28/10/2009 - 23:41

Mais três sabores de Fanta

Compartilhe: Twitter

Já escrevi aqui um post sobre os diferentes sabores de Fanta que já experimentei. Pois eu trouxe algumas novidades de minha recente viagem. Num supermercado de Frankfurt, na Alemanha, encontrei a “Fanta Itália”  (que faz parte  daquela série Fanta Mundo). Pelo desenho da embalagem, ela leva laranja, framboesa e blueberry.  A “Fanta Jamaica” estava em falta (o que será que tinha dentro, hein?).

fantalemanha

Você sabia que a Fanta foi inventada na própria Alemanha? Em 1941, durante a Segunda Guerra Mundial, quando a fábrica alemã da Coca-Cola deixou de receber o xarope usado no preparo do refrigerante, inventaram a Fanta. O nome, escolhido pelos empregados da empresa, foi tirado da palavra fantástica, que é parecida em muitas línguas.

Entre 1945 e 1955, a marca Fanta foi usada apenas para não perder o registro. Só foi ressuscitada de verdade para o lançamento de um refrigerante de laranja criado pela Coca-Cola italiana em abril de 1955. Fez sucesso e foi conquistando o mundo, chegando aos Estados Unidos em 1959. No Brasil, a Fanta Laranja foi lançada em dezembro de 1964 e a Fanta Uva, em julho de 1970.

Em Portugal, encontrei outros dois sabores diferentes – abacaxi e maracujá. De todas elas, a minha preferida continua sendo a Fanta Limão. Como eu gostaria que ela voltasse a ser vendida no Brasil.

fanta1

Autor: - Categoria(s): Comes e bebes, Viagem Tags: , , , ,
27/10/2009 - 16:38

Quem inventou o mito da "loira burra"?

Compartilhe: Twitter

Paris Hilton declarou: “Não sou uma loira burra”. A eterna patricinha americana parece ter se cansado dos comentários maldosos sobre sua vida. “Aquilo é uma personagem”, disse. “Tenho os pés no chão, sou esperta e sei tudo o que está acontecendo.”

080327dunphParis-e4b680f3-104f-4698-8409-c1b992dff6e9

Herdeira da rede de hotéis Hilton, Paris nasceu em 17 de fevereiro de 1981. Ela ficou famosa depois de participar do reality show “Simple Life”, que mostrava suas peripécias no campo ao lado da então melhor amiga Nicole Ritchie.  Outro empurrãozinho em sua carreira foi dado por um vídeo amador de sexo protagonizado por Paris e seu então namorado, Rick Salomon. Filmado em visão noturna e em baixa resolução, a produção caiu na Internet e recebeu o nome de “Uma noite em Paris”.

mm2

Mas a pergunta é: quem inventou esse mito da “loira burra”? Ele começou a se formar no início do século XX, quando se associou a imagem de oportunistas às garotas (frequentemente loiras e atraentes) que tentavam a sorte no showbizz norte-americano.

A “loira burra original” foi Lorelei Lee, protagonista do livro “Gentlemen Prefer Blondes” (“Os homens preferem as loiras”), escrito por Anita Loos em 1925. A adaptação para a Broadway, encarnada por Carol Channing, e depois para o cinema , com Marilyn Monroe, ajudaram a sedimentar a oposição “loira burra” x morena inteligente” no imaginário popular.  Tanto que, na literatura, a sequência de “Os homens preferem as loiras” foi justamente “Mas os cavalheiros casam-se com as morenas”, de 1927.

AnitaLoos2

Anita Loos nasceu em 26 de abril de 1888, em Sisson, Califórnia, Estados Unidos. “Os homens preferem as loiras” começou como uma piada de Anita (que era morena) a respeito da irremediável queda de um amigo por garotas oxigenadas. A história acabou sendo publicada na revista “Harper’s Bazar” e, depois, copilada no livro. Escritora, roteirista e atriz, Anita morreu em Nova York, aos 83 anos, em 18 de agosto de 1981.

Agora, veja só: Marilyn Monroe, o ícone da beleza loira, era, ironicamente, morena. Ela começou a oxigenar os cabelos ainda no início da carreira, quando percebeu que garotas loiras eram mais procuradas por produtores durante as escalações de elenco. Mesmo com a  fama, Marilyn nunca conseguiu se livrar do estereótipo. A atriz morreu em 5 de agosto de 1962, aos 36 anos. Um dos mitos atribuídos a ela diz que Marilyn tinha o hábito de oxigenar também os pelos pubianos. “Se é para ser loira em cima, também é preciso ser loira embaixo”.

Autor: - Categoria(s): Celebridades Tags: , , , , , , , , , ,
26/10/2009 - 17:16

O dia em que devorei 14 pastéis de feira

Compartilhe: Twitter

Tomar ou não tomar café da manhã? Se fosse um dia normal, não teria saído de casa em jejum. Mas eu estava me preparando para ser um dos jurados do primeiro Campeonato de Pastel de Feira, hoje cedo, na Praça Charles Miller, em São Paulo. Eram 10 finalistas de 731 inscritos, escolhidos pelo voto popular entre os dias 15 de setembro e 4 de outubro. Cada região da cidade entrou com dois representantes (só a Zona Leste, pelo seu tamanho, escolheu  quatro competidores). Achei melhor ir bem preparado para a competição, ou seja, com muito espaço livre no estômago.

feira-pastel]

O pastel de feira é a comidinha de rua número 1 dos paulistanos. São 2 milhões vendidos por semana. Daí a responsabilidade. Os 10 pasteleiros começaram a montar suas barracas às 8 da manhã. A barraca número 1 – Pastelaria Monte Castelo – levou até cartazes com fotos do açougueiro que fornece a carne para eles. Teve boca de urna, distribuição de brindes e torcida vinda de bairros distantes.

O público presente à final foi convidado novamente a dar notas. Cada pastel custava apenas 1 real. As barracas tinham cupons e duas urnas. Depois de comer, os clientes faziam uma avaliação da barraca que escolhessem. Os jurados tiveram duas horas para fazer o mesmo – só que deveriam percorrer as 10 barracas. Comecei a degustação às 10 horas e só fui terminar às 11h30.

pastel-feira

Como seria impossível comer os 10 pastéis inteiros, os jurados adotaram um sistema muito parecido. Eu fiz assim: a primeira mordida devia deixar o ar quente sair. A segunda servia para analisar o sabor e a textura da massa. Já a terceira mordida deveria acertar em cheio o recheio. Nós, jurados, tínhamos que observar oito itens, incluindo a higiene da barraca, o uniforme dos funcionários, o asseio na manipulação da comida e do dinheiro, a qualidade do óleo. Tivemos que degustar o pastel de carne em todas as barracas para que a avaliação fosse uniforme. Isso me fez lembrar dos tempos em que nossos pais não recomendavam comer pastel de carne fora de casa. Tinham medo da procedência da carne.

Terminados os 10 pastéis, resolvi fazer uma espécie de segundo turno e mata-mata. Voltei a experimentar os quatro que tinha achado melhor. Era o momento do desempate. É verdade que  já estava sentindo o estômago meio pesado.

Os votos do júri técnico e as avaliações populares foram somadas. O título de melhor pastel de feira de São Paulo foi conquistado pela barraca número 6: Pastel da Maria. Kuniko Yonaha, a Maria, de 57 anos, recebeu um cheque de 8 mil reais. Prometeu dividir 3 mil entre as funcionárias (todas estavam uniformizadas, sorridentes) e vai usar os outros 5 mil na reforma da barraca.  O Pastel da Maria era, com certeza, o mais recheado de todos. Ela faz questão de não revelar também os condimentos que usa na carne. “É feito com muito amor. Também precisa ter sexo para trabalhar bem humorada no dia seguinte”, declarou em entrevista à TV Bandeirantes.  Maria contou com uma leve vantagem por “jogar em casa”. É que, toda quinta-feira, ela bate ponto na feira livre da própria Praça Charles Miller. O segundo colocado, Yamashiro Pai, faturou 2 mil reais e o terceiro lugar, a Pastéis Gabi, ficou com 1 mil reais.

feira-vermelho

feira-cheque

Na saída, brindei à vitória de Maria com um bom caldo de cana, vendido ali a 1 real também. Pastel e garapa foi o cardápio de uma manhã muito divertida. A única coisa ruim é que perdi o apetite para o almoço…

Confira a relação de todos os pasteleiros que disputaram a final e seus endereços.

Autor: - Categoria(s): Comes e bebes, São Paulo Tags: , , ,
24/10/2009 - 07:56

O maior hambúrguer do mundo?

Compartilhe: Twitter

Qual é o maior hambúrguer que você consegue imaginar?

whopper7_windows7

Como estratégia de promoção do novo sistema operacional Windows 7, a empresa de tecnologia Microsoft imaginou um sanduíche recheado com 7 hambúrgueres de carne. Disponível apenas no Japão, a delícia incrivelmente calórica mede 13 centímetros e custa  777 yen (cerca de R$14,50 ).  A promoção está prevista para durar (adivinha?) 7 dias.

O que pode parecer gigantesco não é nada comparado ao Mega Whooper servido em Curitiba no mês de junho passado.  O Burger King anuncia que o sanduíche pode ser servido com quantos hambúrgueres o cliente desejar. Um grupo de amigos pediu, então,  um Whooper com 280 carnes. Confira o tamanho do sanduíche!

Autor: - Categoria(s): Comes e bebes Tags: , , , , , ,
23/10/2009 - 17:01

A água mineral que mata (e enterra) a sede

Compartilhe: Twitter

Quando estava deixando Lisboa, a caminho do aeroporto, vi uma asilo chamado “Haja Deus”. Mais curioso que isso é o nome dessa água mineral que, com certeza, mata a sede de vez:  água mineral Penacova!

penacova

A água é produzida na região de Penacova, cidade portuguesa de 16 mil habitantes. Além de um nome bem engraçado, o município possui um Corpo de Bombeiros Penacova, responsável por apagar incêndios e atualizar um blog com suas aventuras.

PCV

Ah, quer saber o que fazer em Penacova? É só seguir o Twitter da Prefeitura de Penacova.

Autor: - Categoria(s): Bizarro Tags: , , ,
Voltar ao topo