Publicidade

Publicidade
22/09/2009 - 07:07

Que falta faz um Belfort Duarte!

Compartilhe: Twitter

No último sábado, o árbitro Charles Hebert Cavalcante Ferreira validou um gol totalmente irregular na partida entre Paraná e Ceará, pela série B do Campeonato Brasileiro. Ao receber um cruzamento, o atacante Wellington Silva, do Paraná,  esticou a mão e colocou a  bola dentro do gol, garantindo a vitória do Paraná sobre o Ceará por 1 x 0. A atitude do juiz provocou a fúria dos jogadores e houve até briga no final do primeiro tempo. O árbitro e a auxiliar que não viram o lance foram suspensos pela CBF.  Mas… e o Wellington Silva? Fico imaginando se, ao chegar em casa depois do jogo, ele recebeu os cumprimentos dos pais. “Mamãe está orgulhosa do gol  que você fez com a mão, filhinho. O importante é mesmo levar vantagem em tudo”.  Quando encerrar sua carreira, daqui a muitos anos, o jovem Wellington ainda será lembrado por esse gol.  Será que ele terá orgulho de contar essa história para seus filhos?

Desde o célebre  gol com “La Mano de Díos”, que o argentino Maradona “inventou” na Copa de 1986, parece que ganhar roubado virou uma coisa  exemplar. Não falo de lances polêmicos, de erros de interpretação de arbitragem.  Não. No lance de sábado, Wellington Silva deveria ter parado o lance e ter pedido desculpas.  Não dá para dizer que o Wellington enfiou a mão na bola sem querer, né?

belfort

Tal situação provocaria arrepios em um jogador conhecido pelo seu cavalheirismo. Nascido no dia 27 de novembro de 1883, o maranhense João Evangelista Belfort Duarte era um verdadeiro “gentleman” dentro e fora dos campos. Além de ter sido responsável pela tradução das regras do futebol do inglês para o português, Belfort Duarte acumulou as funções de capitão, técnico e dirigente do América Futebol Clube (RJ).

Apesar de toda a tranquilidade nos gramados, por ironia do destino, Belfort Duarte morreu de forma violenta, assassinado no seu aniversário de 35 anos, em 1918.

Em 1946, o Conselho Nacional de Desportos criou  o Prêmio Belfort Duarte. Naquela época, o prêmio era concedido aos atletas que ficassem 10 anos sem receber punições e tivessem um “atestado de bons antecedentes”. O prêmio concedia uma medalha de ouro para os atletas amadores, medalha de prata para os profissionais e credenciais de livre acesso a todos os estádios brasileiros para os jogadores agraciados com o títulos. Foi extinto em 1981.

O primeiro jogador profissional a receber a medalha foi o jogador do Coritiba, Antonio Mota Espezim, em junho de 1948. Jogadores como Jayme de Almeida, do Flamengo, e Telê Santana, do Fluminense, também foram premiados pelo comportamento exemplar em campo.

Jogadores bem-comportados voltaram a ser homenageados em 2008, quando o prêmio foi recriado e teve suas regras reformuladas. Agora, o prêmio é dado para o jogador do Campeonato Brasileiro que cometer menos infrações ao longo da competição.

O primeiro vencedor da nova edição do prêmio foi o meio-campista do Vitória  Ricardinho, que fez apenas 7 faltas em 25 partidas e não recebeu nenhum cartão ao longo do Campeonato Brasileiro.

Ricardinho ou Wellington Silva: qual deles terá mais orgulho de sua biografia no futebol?

Autor: - Categoria(s): Esporte Tags: , , ,

Ver todas as notas

96 comentários para “Que falta faz um Belfort Duarte!”

  1. Sem hipocrisia disse:

    Quanta hipocrisia!!! Queria ver se o senhor teria escrito toda esta coluna se o favorecido tivesse sido um time paulista ou carioca…

  2. Sem hipocrisia disse:

    Quanta hipocrisia!!! Queria ver se o senhor teria escrito esta coluna caso o time favorecido tivesse sido um paulista ou um carioca…

  3. Emerson disse:

    Quem gostou foi o Figueirense.

  4. Sergio Severino de Azevedo disse:

    O flamengo desde l944 vem ganhando títulos sempre ajudado vergonhosamente pela mídia, juizes, bandeirinhas, tribunais esportivos, ladrilheiros, urubus, etc, sob a proteção do seu aliado belzebú. Locutores como josé Maria Scassa, Ari Barroso,juízes como José Wright e também hoje comentarista, Renato Prado e muitos outros, são torcedores cínicos, travestidos de profissionais. É lógico que professem a filosofia da roubalheira descarada.

    • Sergio Severino de Azevedo disse:

      Procurei ser o mais justo possível. E também moderado. A opinião é deemocrática. Fraternais saudaçoes .

  5. Pedro disse:

    PERGUNTE AOS CORINTHIANOS (CAMPEONATO BRASILEIRO 2005), JOGO QUE GANHOU DE 3 A 2, COM 2 GOLS IMPEDIDOS. E PASMEM, O JUIZ QUE APITOU ESSE JOGO NÃO FOI SUSPENSO, NÃO TEVE PUNIÇÃO, SERÁ QUE É PQ ESTA FAVORECENDO O “”TIMÃO””.

  6. Enviei um comentário, mas parece que a censura aos comentários, diga-se grande imprensa, funciona até para comentários mais ácidos desta turma de comentaristas da “elite”. Que pena. Voces perderam uma otima oportunidade de mostrar a lisura dos comentaristas. Infelizmente temos que conviver com o que somente eles querem comentar. Os donos da verdade. Que pena.

    Wilson Oliveira

  7. Wagner Ribeiro de Sá disse:

    No futebol do RJ, isto acontece sempre a favor do Flamengo, com o apoio total da imprensa, em particular com a toda poderosa GLOBO !

  8. Carlos Silva disse:

    No Paraná mais da metade dos titulos estaduais do Coriba são roubados das equipes do interior, outro ponto que precisaria ser revisto……

  9. luiz disse:

    Concordo, deveriamos era acabr com esse tipo de roubalheira. O gol foi ilegal, todo mundo sabe. Cancela o resultado. O Flamengo ou o Corintians gahou roubado??Cancela o titulo dele. Chega de safadesa. Isso não é só ai não, todo o lugar é assim. Nego roba de tudo quanto é jeito.
    Obs. Nunca vi o Flamengo ser campeão sem ajuda de juiz em tudo que ele disputou. Isso serve até para campeonato de purrinha.

  10. curioso disse:

    Oi Rogério
    O correto é Wellingston Silva. O texto já foi corrigido!

  11. BRUNO disse:

    Pobre do CORINTHIAS, metade dos seus atuais títulos teriam que ser devolvido. E o FLAMENGO ? E MARADONA ?
    Deixe de ser hipócrita e seja realista !!!

  12. GIOVANI VALENTE disse:

    o penalti nao dado para o STO ANDRE,nao fala nada ,quanta hipocrisia

  13. izaias disse:

    Toda essa polemica é pelo fato de ser um jogador que esta no parana clube, pois com certeza se fosse o Ronaldo gordo que esbofeteasse a bola e assim fazendo um gol contra o Parana clube ou outro time pequeno qualquer a imprensa toda estaria criticando? ou estaria exaltando a malicia do atleta?
    Foi a prineira vez que alguem empurra a bola com a mão?
    Não até o Maradona já o fez ( e era copa do mundo ), lembro que o mundo todo vibrou, entào por favor vamos parar com essa hipocrisia, pois deve ter coisas mais interessantes sobre o futebol para a imprensa divulgar.

    • Léo disse:

      Izaias!! pode fik sua comparação foi ridicula! vc nunca vai ver o Ronaldo fazer uma coisa destas, pq ele jamais iria manchar o nome dele com um gol ridiculo detste. se liga meu!!

  14. GIOVANI VALENTE disse:

    E QUANDO O EURICO MIRANDA INVADIU O GRAMADO DE SAO JANUARIO NO JOGO EM QUE O VASCO NAO PODIA PERDER PARA O PARANA AOS 37 DO SEGUNDO TEMPO…AÍ POOOODE NÉ,INTERROMPEU O JOGO E NAO DEU NADA

  15. Ricardo disse:

    Rei do drift, você não quer que seu filho veja um futebol desses? Então ensina como brincar com bonecas porque até em jogos na várzea tem jogadas desse tipo, com a mão, em impedimento, com pênalti inventado, depois do tempo reglamentário, etc. E não é só no futebol, é no basquete, no boxe, em tudo que é atividade humana, se você não gosta nada disso, pegue sua família e vá morar numa ilha no meio do Pacífico, caro sr. rei do drift. Agora se você pensa que um gol com a mão está estragando as novas gerações, deve morar nas nuvens ou començou assistir futebol ontem.

    • rei do drift / sp disse:

      quando é possivel aqui na cadeia eu vejo futebol…mas atualmente eu só fala via internet, pois foi onde eu me encaixei, presto serviço…..

      meu filho esta ai no mesmo mundo em que o Sr. vive…. eu não posso fazer nada, pq um dia eu acabei com alguém arrogante como o sr.

      Parabens a todos que colocaram suas opniões, seja este ou o fenomeno, seria uma vergonha de qualquer jeito.

  16. E nosso saudoso(?) Rui Barbosa profetizou: “Chegará o dia em que o homem terá vergonha de ser honesto”…

    Como que pessoas corruptas que chegaram ao mando do futebol por meio de nepotismos, barganhas, subornos, corrupção etc aceitarão que é possível ao futebol brilhar de forma honesta e transparente?

    A reformulação levará anos ou será fruto de um milagre incrível. ponto.

  17. Francisco Lima disse:

    Olhe eu não sei não, os arbítros não gostam do futebol do Norte e Nordeste, como também a imprensa só dão valor o futebol do sul do país, fazem tudo para ficar os times do Rio e de são Paulo eu acho uns verdadeiros canalhas esses pessoal da imprensa do sul do país principalmente um tal de gavião bueno, esse é de lascar o cano.

  18. Lelo Costa disse:

    Concordo com a maioria dos comentarios, pois e fosse a favor do seu time do coração caro Marcelo, você talvez diria, Ó TIME DE GLÓRIA QUE ATÉ UMA MAÕZINHA AJUDA OU MÃO SANTA DÁ VITÓRIA AO TIMÃO , pare com essa lenga-lenga, se fosse para os cariocas seria esperteza e se fosse para os paulistas uma malandragem mas criativa ( pois enganou a arbitragem mas não a TV DO Galvão ) a h e se fosse gaucho, seriam rudes ou safados, se fosse do Nordeste seria cabra arretado, agora como é de um time que não tem comentarista nas TVS carioca ou palista, é passivo de punição ou anulação, pessoal se toca o que importa a opinião própria, que faz o palpite da sogra na sua vida … é a mesma de um comentarista, entra por um ouvido e sai pelo outro afinal cada um torce pra quem quer!!!! tem coisa melhor pra se comentar, e Marcelo nessa você amarelou e perdeu pontos.

  19. Quanta hipocresia!
    A favor, tudo vale.
    Contra, todos são ladrões.

Os comentários do texto estão encerrados.

Voltar ao topo