Publicidade

Publicidade
22/09/2009 - 13:13

A Terra sofre "uma grande invasão"

Compartilhe: Twitter

diasemcarro

Imagine só se o planeta Terra fosse invadido por seres ameaçadores, cuspidores de fumaça e feitos de metal! Calma, não é outro filme de Tom Cruise  envolvendo alienígenas, não. Para milhões de pessoas que vivem em cidades grandes, isso é apenas uma triste realidade. Só em São Paulo são 3,5 milhões de “invasores” circulando pelas ruas todos os dias. O resultado? Muito trânsito e poluição.

capa_invas‹o_BR.indd

Hoje é comemorado o “Dia Mundial Sem Carro”.  Bem, os carros continuam circulando normalmente, mas é uma ótima ocasião para refletir sobre o assunto. Principalmente com as crianças, que herdarão esse problema daqui a alguns anos.  Outra boa maneira de falar sobre o assunto com elas é dar uma olhada no livro “A Grande Invasão”, escrito pela portuguesa Isabel Minhos Martins.  O livro conta de maneira bem-humorada como o nosso planeta está sendo dominado aos poucos pelos carros. Será que já é tarde para reagir?

Autor: - Categoria(s): Datas Comemorativas Tags: , ,

Ver todas as notas

22 comentários para “A Terra sofre "uma grande invasão"”

  1. chiconelas disse:

    Os carros não são e nunca serão invasores, não são culpados por poluição de especie alguma, não concordo com dia internacional sem carro, vejo ironia em tudo isso.
    Raciocinemos: fazem campanhas e mais campanhas para venderem carros, mas, esqueceram de falar para PETROBRÁS que o combustivel que ela é responsavel em produzir esta poluindo nosso ar. Tudo será em vão se tentarem criar algum combustivel que não dê lucro a petrobrás, digam, como ficará estas prefeituras que vivem de royaltes do petroleo, os senhores acham que permitirão a criação de um outro tipo de combustivel, se isso acontecer o tributarão, assim como fazem com a gasolina, que dizem que o país é auto suficiente, porem nunca abaixa de preço. O assalariado ta comprando seu primeiro carro e recebendo junto a culpa da poluição e não disseram pra ele que o carro desvalorizou em media 20% so por ter saido da concessionaria, que ele terá que pagar todo ano durante 15 anos 4% do valor do carro calculado por uma tabela de uma tal FIPE que super valoriza o nosso carro uma vez que nunca conseguimos vendê-lo pelo preço que esta na tabela FIPE, sem falar nas taxas que vem junto com IPVA totalizando por volta de 6% do carro, então temos: [ 6%aa x 15 anos = 90% + 20% de desvalorização = 110% ], ta pensando que acabou todo ano vc tem que ir ao Detran, inspecionar seu carro, ai de vc se acharem que algo não esta de acordo, e isso não é garantia de que teu carro não será roubado, prepare mais dinheiro para o seguro do carro, que será acima de 10% do valor do carro e reze para que nunca, mas, nunca mesmo vc precise usar.
    Somando tudo isso dará 120% ou seja o carro nunca será seu e sim do governo, e observe que não falamos em estacionamentos ( flanelinhas ), pedagios, mecanicos, peças, sinais de transito, multas ( associações de ladrões, combustiveis adulterados ).
    Por tanto mude o combustivel, dê condição as cidades do interior do país de oferecer emprego e salarios suficiente, area medica e hospitalar dignas que o povo é sabio, saberão se entender com os alienigenas.

Os comentários do texto estão encerrados.

Voltar ao topo