Publicidade

Publicidade
13/08/2009 - 12:43

O museu dos corações partidos

Compartilhe: Twitter

Da próxima vez que você terminar um relacionamento, nem pense em queimar fotos, rasgar cartas ou jogar fora presentes. Em vez disso, exorcize seu coração partido doando os objetos para o Museu de Relacionamentos Terminados (Museum of Broken Relationships).

Quem me passou o link foi a Michelle Achkar. O museu não tem sede. Seu acervo viaja o tempo todo e já passou por cidades como Berlim, Londres, Estocolmo e São Francisco. Atualmente, a exposição está na cidade de Kilkenny, na Irlanda.

O conceito do museu surgiu em 2006 a partir do fim da história de amor dos croatas Olinka Vištica e Drazen Grubisic. A artista plástica Olinka descobriu que a dor causada pelo fim de um relacionamento produzia um enorme furor criativo. Usou isso para reunir cartas, presentes e outros objetos menos usuais doados pelo público. Todos os objetos, como esses que você está vendo no post, são acompanhados de uma pequena história sobre o fim do relacionamento em questão.

Um veterano de guerra doou, por exemplo, a prótese de sua perna (foto acima). Na visão dele, a prótese simbolizava sua história de amor com a enfermeira que cuidou dele. “A prótese durou mais do que o nosso amor. Aparentemente, era feita de um material melhor.”

O que você doaria para o Museu dos Corações Partidos?

Autor: - Categoria(s): Bizarro, Sites curiosos, Viagem Tags: , , , , , , ,

Ver todas as notas

11 comentários para “O museu dos corações partidos”

  1. Dinheiro é que eu não daria

  2. P* disse:

    eu doaria um rosa que ja secou e claro mais quardo na minha agenda:(

  3. Ricardo disse:

    A camisinha que usei kkkkkkkkkkkkk

  4. Regina disse:

    Nossa esse museu deve ser bizarro, muito legal.

  5. Jacson disse:

    A camisinha que usei kkkkkkkkkkkkk [2]

  6. A disse:

    eu tenho muitas coisas pra doar.cartoes, cartas,ate a primeira lata de refrigerante q ele tomou comigo,papel de bala ,etc.Mas
    o amor acabou na minha vida e nunca no meu coração,isso desde 1975.

  7. Andreia disse:

    Doar??? Que nada!!! Que venha o proximo!!! Principalmente esse lance de algemas, corseletes de couro, botas arrebatadoras, rsrsrs… Os relacionamentos se quebram, a gente nao… Pode ser que passemos dias e dias chorando, que jamais esqueceremos “aquele” amor, mas a vida continua… E cedo ou tarde, o coracao bobo se entrega de novo, volta a sonhar… Tudo faz parte do crescimento, do aprendizado… O que machucou nao foram os objetos, acho que se desfazer deles nao diminui a dor…

  8. Débora disse:

    Interessante.

  9. ruth disse:

    Adorei! Apesar do meu relacionamete estar otimo em nenhuma crise, porem essa ideias do museu , faz com que vc pense e reflita mas sobre cada momento do relacionamento. Como a companheira de cima escreveu, por um lado chega a ser engraçado, por exemplo a protese da perna do senhor. rsrs* Quem imaginaria isso ser romântico..

    Enfim, vlw

  10. MARISOL disse:

    Marcelo, boa tarde! Tomei um sorvete em Brotas que é maravilhoso, com pedaços de frutas…simplesmente delicioso. vc poderia me indicar uma sorveteria igual aqui na zona oeste de SP. Por favor, estou moreeeennndo de vontade….Obrigada

    Resposta de MARCELO DUARTE: Olá, Marisol! Uma das sorveterias que mais gosto em São Paulo é a Mil Frutas, que tem um quiosque no Shopping Cidade Jardim, na zona Sul. Tem também a Vipiteno, no Shopping Market Place. Elas são muito fora de mão para você?

  11. Débora ( Maceio) disse:

    Irei doar o papel higienico dele. (USADO)

Os comentários do texto estão encerrados.

Voltar ao topo