Publicidade

Publicidade
28/07/2009 - 15:15

A argentina que dançou até os 100 anos de idade

Compartilhe: Twitter

Esta é Carmencita Calderón (a primeira a aparecer no vídeo) dançando tango em 1933. Nascida Carmen Micaela Riso de Cancellieri em 10 de fevereiro de 1905, ela passou boa parte de sua vida rodopiando nos salões de dança. Nada mais natural do que comemorar seu aniversário de 100 anos (!) com passos de tango. Ela morreria em 31 de outubro de 2005, pouco depois dessa festa.

Carmencita e o tango são símbolos da Argentina. O tango nasceu por volta de 1877 no bairro de Montesserat, em Buenos Aires. Durante décadas, a dança foi considerada indecente. Em 1917, Carlos Gardel gravou a música “Mi Noche Triste”, considerada um marco na história do tango. Até então, as composições do estilo eram apenas instrumentais.

Carlos Gardel também compôs o tango “Por Una Cabeza”, em 1935. Em uma das cenas mais famosas do filme “Perfume de Mulher” (1992), o militar cego interpretado por Al Pacino dança essa música acompanhado da atriz Gabrielle Anwar.

Autor: - Categoria(s): Baú, Música Tags: , , , ,

Ver todas as notas

4 comentários para “A argentina que dançou até os 100 anos de idade”

  1. Também! Dançou tanto que morreu de exaustão depois!

  2. LU disse:

    VIVEU ATÉ ESSA IDADE PQ DANÇAVA TANGO, ESSA DANÇA MARAVILHOSA Q EU AMO TANTO. ESPERO FICAR IGUAL A ELA

  3. Evaristo Cavalcanti disse:

    É estimulante tomar conhecimento de que outra pessoa conseguiu tal proeza, além do Sr. Pedro Nunes de Oliveira, paraibano, residente em João Pessoa, hoje próximo de completar 102 anos (15/01/2010).
    Será que a senhora argentina aos cem anos ainda dirigia seu próprio carro, tomava uísque e dançava várias horas seguidas como Pedro Nunes, ainda hoje, aos 101 anos?

  4. carol disse:

    inspirador!!

Os comentários do texto estão encerrados.

Voltar ao topo