Publicidade

Publicidade
28/06/2009 - 16:31

Um site para indecisos. Vai visitar ou não?

Compartilhe: Twitter

Você é uma pessoa indecisa? Ihhhhh, tá demorando muito para responder… Você nunca sabe que filme assistir ou o que comer na hora do almoço? A ferramenta online Hunch foi criada para pessoas como você e pode ajudar a sanar parte dessas dúvidas.

Desenvolvida por Caterina Fake, co-fundadora do Flickr, site que armazena e compartilha fotos, o Hunch trabalha a partir do conceito de “árvores de decisão”. Você responde a perguntas genéricas, relativas a seus gostos pessoais e à dúvida que você quer responder. A partir daí,  o site apresenta recomendações e sugestões.

Fiz um teste: “Para onde devo ir nas férias?” Tive que responder a dez perguntas. A primeira era sobre o tipo de lugar (muito verde, praia, montanha, água fresca ou urbano?). Pedi também um destino com o charme do Velho Mundo, vibrante  e excitante, nem muito quente nem muito frio, cidade grande, com ar romântico, perto de outros lugares importantes e que eu pudesse ir de avião. A cidade indicada foi Roma. Mas, como é um site para indecisos, lembra?, o negócio não fica só na primeira sugestão. Havia também indicação para Madrid e Tóquio. Ainda apertei o botão “All Results” e apareceu uma lista de 211 indicações. Muitas tinham mesmo o meu tipo de perfil de viajante. Mas dar 211 opções para um sujeito indeciso é uma tortura, não?

O legal é que o site armazena as informações que você adiciona ao responder as perguntas. Ou seja: quanto mais você usa o Hunch, mais “inteligente” e afinado com os seus gostos ele fica.

Autor: - Categoria(s): Sites curiosos Tags: , , , , , ,

Ver todas as notas

5 comentários para “Um site para indecisos. Vai visitar ou não?”

  1. fabiana freitas disse:

    mtô interessante, 😀

  2. Guilherme disse:

    Não sei ainda.. estou meio indeciso…

  3. joão barbosa disse:

    Manda pro Lulla.O povo vai gostar;Quem sabe?

  4. carol disse:

    muito boa essa dica!

  5. Realmente vai ser bom para políticos decidirem para onde viajar com a nossa grana.

Os comentários do texto estão encerrados.

Voltar ao topo