iG

Publicidade

Publicidade
11/05/2010 - 07:36

O Blog do Curioso está de endereço novo

Compartilhe: Twitter

Atenção! O “Blog do Curioso” está de endereço novo. Você vai encontrar nossas atualizações diárias – e também os dois anos de arquivo do blog – aqui:
www.guiadoscuriosos.com.br/blog

Autor: - Categoria(s): Sites curiosos, Você é curioso Tags:
06/05/2010 - 22:40

Grandes micos em casamentos

Compartilhe: Twitter

Já que estamos no Mês das Noivas, vale conhecer o músico Luciano de O. Figueiredo, que escreveu um livro com as histórias engraçadas que presenciou ao longo de sua carreira – “Micos em Casamentos”. Veja alguns desastres em cerimônias que não escaparam do registro do autor. Ele garante que todas as histórias são reais (por incrível que pareça)!

1- Em um casamento numa igreja evangélica, o pastor, berrando ao microfone, afirmou que Jesus estava presente para realizar uma cura. Depois de muita insistência do pastor para que alguém se manifestasse, uma convidada disse que estava com dores nas costas. Ele estendeu a mão na direção dela e, depois de alguns segundos em silêncio, falou que ela estava curada. Mas a mulher o desmentiu, dizendo que ainda estava sentindo dores. O pastor fez novamente o ritual, e nada. Então, ele apenas disse que a dor ia passar logo. E continuou a cerimônia.

2- A juíza de paz perguntou ao noivo se ele aceitava aquela moça como sua legítima esposa. Brincalhona, a noiva fez um sinal com as mãos, como se fosse uma arma de fogo, e apontou para a cabeça do noivo. Irritada, a juíza simplesmente abandonou a cerimônia. Com muito custo, um grupo de convidados convenceu-a a voltar, mas ela dedicou alguns minutos para fazer um severo sermão, dizendo que era uma autoridade, e não estava ali para fazer teatro.

3- A noiva estava com uma dúvida cruel: não sabia se contratava um carro, um helicóptero ou uma carruagem para sua entrada. Resolveu, então, contratar os três. Chegou de helicóptero ao sítio onde seria realizada a cerimônia. Depois, embarcou em um carro e deixou o heliponto. Em seguida, subiu na carruagem. Com isso, somente para a entrada da noiva, foram 20 minutos de espetáculo.

4- Para não deixar a imagem tremida, um cinegrafista filmava em uma cadeira de rodas. No meio da cerimônia, decidiu que um ângulo ficaria melhor se ele estivesse de pé. Mas, quando se levantou da cadeira, os convidados iniciaram um imenso alvoroço: “Aleluia, Glória a Deus! O cinegrafista está curado!”.

5- Essa, como o próprio autor admite, “parece coisa de novela”. Dias antes de subir ao altar, o noivo descobriu que estava sendo traído, mas levou o casamento adiante. Já na festa, depois da cerimônia, subiu com a noiva ao palco e anunciou que faria um discurso. Foi quando pediu para que os convidados conferissem o que havia debaixo dos pratos. Encontraram fotos da noiva com seu amante, tiradas por um detetive particular. Em seguida, o noivo abandonou a infiel no palco e foi embora. Ela ficou ali parada por alguns instantes, até desmaiar de vergonha.

Autor: - Categoria(s): Cotidiano, Datas Comemorativas Tags: , , , ,
06/05/2010 - 06:38

O inimigo número 1 dos banheiros públicos

Compartilhe: Twitter

Fazer xixi em pé não é mais exclusividade dos homens. Foi lançando no Brasil o OiGirl, a versão do americano GoGirl. O slogan do produto já diz tudo: “Sentada? Só em casa”.

O produto, uma espécie de funil, é feito de silicone, tem formato anatômico e custa 30 reais. A proposta é livrar as mulheres do incômodo de forrar cada pedacinho do vaso sanitário na hora de usar banheiros públicos.

O site do OiGirl traz todas as instruções para utilizar o funil feminino. “Cabe facilmente na sua bolsa, no bolso ou no porta-luvas do seu carro. É uma solução inteligente, durável e reutilizável, bastando enxaguar com água e sabão após o seu uso”. E se não tiver sabão? O funil vai para a bolsa sujo de xixi? “Não se preocupe, a urina é estéril”, afirma o site do fabricante.

Veja a propaganda do OiGirl:

Autor: - Categoria(s): Bizarro, Invenções Tags: , , , ,
05/05/2010 - 12:01

O fotógrafo sobreviveu para contar a história?

Compartilhe: Twitter

A resposta é sim. Na verdade, foram dois fotógrafos, os irmãos Will e Matt Burrard. Eles desenvolveram a BeetleCam, uma câmera com rodinhas, para fazer imagens ousadas como essa na Tanzânia, na África. A viagem já estava marcada e os dois tiveram que correr contra o relógio para acertar os detalhes técnicos da máquina a tempo.

Foi preciso um motor resistente e pneus grandes para fazer a câmera se movimentar pelo terreno acidentado da África. Além disso, os fotógrafos também não se esqueceram do sol escaldante característico do lugar. Para isso, desenvolveram um sistema de dois flashes (que disparam de acordo com as condições da luz). Todo o trabalho foi feito na garagem de Will, e foi concluído poucos dias antes da partida.

Mas se engana quem pensa que fotografar com essa engenhoca é como brincar com um carrinho de controle remoto e disparar a câmera. É necessário estratégia e paciência. Os elefantes, por exemplo, dão trabalho, pois estranham quando encontram um objeto desconhecido perambulando pelo seu habitat, e é preciso esperar o tempo que o animal leva para se adaptar. Os irmãos Burrard também usaram a engenhoca para produzir vídeos, como esse abaixo que apresenta a novidade:

Autor: - Categoria(s): Animais Tags: , , , ,
04/05/2010 - 17:11

Wwwoanahuf caorarc ohrarcc wararo!

Compartilhe: Twitter

“Wwwoanahuf caorarc ohrarcc wararo!” Não entendeu? O Easy Shyriiwook traduz: Feliz Star Wars Day! O site é um tradutor de qualquer idioma para o Shyriiwook, a linguagem dos Wookiees – criaturas do planeta de Kashyyyk bem conhecidas entre os fanáticos por “Star Wars”.

O Star Wars Day é comemorado no dia 4 de maio. A ideia foi criada em janeiro de 2005 por Zoe Whittaker e está registrada pelo Parlamento do Reino Unido. Em 2007, a Câmara de Vereadores de Los Angeles, nos Estados Unidos, reconheceu a data como especial, mas decidiu que deveria ser comemorada em 25 de maio, dia da estreia do primeiro filme, em 1977. Não pegou, e os fãs da saga continuam comemorando no 4 de maio. Faz sentido, pois a data vem da famosa frase que os Jedis usam para desejar boa sorte: “May the Force be with you” (Que a força esteja com você”). Da pronúncia em inglês, surgiu a ideia da data: “May the 4th be with you” (4 de maio esteja com você).

Para comemorar, os fãs assistem aos filmes, se fantasiam de seus personagens favoritos e até improvisam lutas de sabres de luz.

No ano passado, em 3 de maio, véspera da data especial, o time americano de beisebol Red Sox entrou em campo com uma tropa de stormtroopers. Eles eram liderados por um cover de Darth Vader. Foi o maior sucesso.

E você, como comemora o seu “Star Wars Day”?

Autor: - Categoria(s): Cinema, Datas Comemorativas, Invenções Tags: , , , , , , , , , ,
03/05/2010 - 23:05

Quando os argentinos se vingaram de nós

Compartilhe: Twitter

Que os publicitários brasileiros adoram explorar a  rivalidade entre Brasil e Argentina  a gente já sabe. Mas se engana quem pensa que isso é exclusividade da propaganda da Seleção Canarinho. No país vizinho, los hermanos também se divertem com as propagandas que ironizam os rivais. Veja abaixo alguns exemplos. A sugestão foi de Erick Gabriel. Se ficar irritado com as brincadeiras, ligue o aparelho de TV mais próximo – e a vingança não deve demorar a aparecer.

Autor: - Categoria(s): Esporte, Humor, Propaganda, Televisão Tags: , , , , , , ,
01/05/2010 - 23:42

Cuba usa pombos-correio em eleições

Compartilhe: Twitter

As eleições de Cuba contam com funcionários bem diferentes, de asas, penas e bico. É com a ajuda de pombos-correio que os eleitores das localidades mais afastadas e sem linha telefônica – como as áreas montanhosas de Sagua de Tánamo, Moa e Mayari – conseguem votar. O método do “voto voador” foi usado no primeiro turno, no domingo passado, com cerca de 500 pombos mensageiros em todo o país. O segundo turno acontece neste domingo.

Não é de hoje que pombos recebem missões políticas importantes. Na Primeira Guerra Mundial, quando os batalhões nem sonhavam com a existência de e-mail e de celular, os exércitos também trocavam informações por meio de pombos-correio. Foi o caso de Cher Ami, um pombo do Exército dos Estados Unidos. Ele pertencia à 77ª Divisão de Infantaria Americana, conhecida como “o Batalhão Perdido”, por ter ficado cercada na floresta de Argonne.

Em outubro de 1918, o “Batalhão Perdido” estava acuado por inimigos alemães e sob fogo amigo de americanos, que não sabiam que havia compatriotas ali. Cher Ami conseguiu levar a mensagem de cessar fogo e salvar os americanos, mas soldados alemães interceptaram o pombo pouco depois. O bicho teve o peito atravessado por uma bala, uma perna arrancada e acabou ficando cego de um olho. Sobreviveu, mas teve que se aposentar. Ganhou a Cruz de Guerra francesa em homenagem a seu heroísmo.

Autor: - Categoria(s): Animais, Cotidiano Tags: , , ,
30/04/2010 - 22:51

Tudo que o "faz-tudo" faz

Compartilhe: Twitter

Na mitologia grega, o mito Aristeu é agricultor e criador de abelhas, além de possuir os dons da profecia e da cura. Em Belo Horizonte (MG), outro Aristeu também acumula múltiplas funções. Aristeu Carlos Dias,  de 55 anos, se apresenta como “evangélico honesto”. Aceita qualquer tipo de trabalho, inclusive o de guardar lugar em filas. Se isso não bastasse, ele também procura mulher totalmente livre e não fumante para se casar. Atenção, mulheres: o Aristeu pinta portões e desamassa panelas. É ou não é um ótimo partido! Quem enviou  o currículo do “faz tudo”  de Minas Gerais foi o Danilo Mata, de Betim (MG).

Autor: - Categoria(s): Cotidiano Tags: , , , ,
29/04/2010 - 15:36

E eu pensei que o nome do vulcão é que fosse difícil

Compartilhe: Twitter

O nome do vulcão que atravancou o sistema aéreo da Europa este mês,Eyjafjallajokull, ainda tem dado o que falar. Falar, na verdade, é força de expressão, pois o nome dele já enrolou a língua de muita gente. Mas, para quem está achando essa pronúncia difícil, tente dizer num fôlego só o nome desta cidade: Llanfairpwllgwyngyllgogerychwyrndrobwllllantysiliogogogoch.

O lugar existe mesmo. Fica no País de Gales, no Reino Unido. A palavra, de 58 letras, valeu o título de cidade com nome mais comprido do mundo. Está no Guinness Book. Além disso, o nome gigante é o principal atrativo turístico do lugar, que, por razões óbvias, ganhou um apelido: Llanfair.

Traduzindo para o português, Llanfairpwllgwyngyllgogerychwyrndrobwllllantysiliogogogoch significa “Igreja de Santa Maria no fundão do aveleiro branco perto de um redemoinho rápido e da Igreja de São Tisílio da gruta vermelha”.

No embalo do sucesso de Llanfair, uma estação de trem do mesmo país tentou rivalizar com a cidade. Mas Gorsafawddacha’idraigodanheddogleddollônpenrhynareurdraethceredigion não desbancou Llanfairpwllgwyngyllgogerychwyrndrobwllllantysiliogogogoch. Derrotada, a estação passou a se chamar Golf Halt em 2006.

E você, tentou falar o nome da cidade e não conseguiu? Que vergonha! Essa menininha, Ellie, de 6 anos, consegue dizer o nome da cidade sem gaguejar. Tente aprender com ela:

Autor: - Categoria(s): Recorde Tags: , , , , , , ,
28/04/2010 - 18:29

Vamos dormir dentro de uma caixinha?

Compartilhe: Twitter

Quem já passou horas esperando em um aeroporto ou em uma rodoviária certamente vai bater palmas de pé para essa novidade. É a Sleepbox, invenção dos arquitetos russos Alexey Goryainov e Mikhail Krymov. Funciona da seguinte maneira: o indivíduo aluga a chave eletrônica de uma caixa de dormir por um certo tempo e desfruta de todos os benefícios que seus 3,75 m² oferecem. Entre eles estão mudança automática de lençóis, sistema de ventilação, alerta sonoro, televisão LCD incorporada, wi-fi, plataforma para computador portátil, fones recarregáveis e, óbvio, uma cama. Veja no vídeo abaixo como funciona a Sleepbox.

Autor: - Categoria(s): Invenções Tags: , , ,
Voltar ao topo